Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ex-deputado Agostinho Branquinho terá recebido 225 mil euros para influenciar autarcas

O Ministério Público acusou o antigo deputado do PSD, bem como mais nove arguidos de ter recebido 225 mil euros para influenciar o antigo presidente da câmara de Valongo, conta o Público.

Bruno Simão/Negócios
Negócios 31 de Julho de 2020 às 09:05
  • Assine já 1€/1 mês
  • 11
  • ...

O antigo deputado do PSD Agostinho Branquinho está a ser acusado pelo Ministério Público de ter recebido 225 mil euros para influenciar o antigo presidente da câmara de Valongo, Fernando Melo, e mais dois vereadores, para ignorarem normas urbanísticas no processo de licenciamento e construção do Hospital de São Martinho, revela o Público na edição desta sexta-feira. Além de Agostinho Branquinho, as acusações englobam mais nove arguidos.

Segundo o MP os pagamentos terão sido feitos pelo empresário Joaquim Teixeira, administrador da sociedade anónima que é dona do hospital, a PMV Policlínica, inaugurado em maio de 2008.

O Público revela ainda que o Ministério Público pede que os dez arguidos do caso paguem ao Estado de 2,3 milhões de euros, o montante que considera ser a vantagem dos crimes em causa: tráfico de influência, prevaricação e de falsificação de documento agravado.

Ver comentários
Saber mais Agostinho Branquinho política Ministério Público
Mais lidas
Outras Notícias