Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Faturas suspeitas na Sonangol tramam Isabel dos Santos

Vários documentos sem certificação, suspeitos de serem falsas prestações de serviços de consultoria, foram enviados para pagamento ao EuroBic, já depois de a empresária angolana ter sido exonerada da Sonangol.

Reuters
Negócios jng@negocios.pt 03 de Agosto de 2020 às 10:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Um acórdão do Tribunal Supremo de Angola, relativo a suspeitas de fraude e citado pelo CM, refere que Isabel dos Santos e outro arguido (Sarju Raikundalia) desviaram mais de 131 milhões de dólares (quase 111 milhões de euros) da Sonangol em várias operações fraudulentas.

 

Segundo este tribunal superior, a empresária angolana terá enviado ao EuroBic 55 faturas suspeitas de serem falsas prestações de serviços de consultoria da Matter Solutions Business, das quais 19 foram emitidas no próprio dia em que foi exonerada da presidência da petrolífera.

 

Foi no âmbito deste inquérito relativo aos pagamentos à empresa sediada no Dubai que as autoridades angolanas pediram o arresto dos bens de Isabel dos Santos, Sarju Raikundalia, Mário Leite da Silva e Paula Oliveira, representantes da Ironsea (anterior designação da consultora) e da Matter.

Isabel dos Santos é visada em processos criminais e cíveis em que o Estado angolano reclama mais de cinco mil milhões de dólares. No início de julho, o procurador-geral da República, Helder Pitta Grós, assumiu dificuldades em notificar a empresária, em Angola e noutros países, admitindo que "está em aberto" a possibilidade de emitir um mandado de captura.

Ver comentários
Saber mais justiça isabel dos santos angola sonangol eurobic dubai fraude
Mais lidas
Outras Notícias