Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mexia confrontado com crimes de corrupção e participação em negócio

Durante a audiência com o juiz Carlos Alexandre e dois procuradores, o presidente executivo da EDP foi confrontado com quatro crimes de corrupção ativa e um crime de participação económica em negócio.

António Mexia, presidente executivo da EDP, acredita que a elétrica tem “resiliência” para combater a crise pandémica.
Miguel Baltazar
Negócios jng@negocios.pt 03 de Junho de 2020 às 08:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • 16
  • ...
O presidente executivo da EDP, António Mexia, foi confrontado com quatro crimes de corrupção ativa e um crime de participação económica em negócio no Tribunal Central de Instrução Criminal.

A notícia é avançada pelo Correio da Manhã nesta quarta-feira. Os crimes de corrupção têm a ver com os negócios praticados com Manuel Pinho, enquanto o crime de participação económica em negócio é relativo à adjudicação da construção da barragem do Baixo-Sabor ao consórcio do Grupo Lena/Odebrecht.

António Mexia foi ouvido pelos procuradores Carlos Casimiro e Hugo Neto, na presença do juiz Carlos Alexandre, e recusou prestar declarações, limitando-se a ler uma declaração.
Ver comentários
Saber mais EDP Tribunal Central de Instrução Criminal António Mexia corrupção investigação crime económico
Mais lidas
Outras Notícias