Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Não há informações de portugueses atingidos em Boston

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, afirmou à agência Lusa não ter informação de qualquer português atingido pelas explosões registadas na maratona de Boston.

Bloomberg
Lusa 15 de Abril de 2013 às 23:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O balanço provisório das duas explosões que se registaram perto da meta da maratona de Boston dá conta de dois mortos e cerca de uma centena de feridos.

 

De acordo com José Cesário, o consulado de Portugal em Boston, que se situa próxima do local das explosões, ficou com os vidros "completamente partidos", mas não se registaram feridos, porque os serviços consulares estavam encerrados.

 

A prova de atletismo contou com 16 participantes portugueses, entre os quais Dulce Félix, que ficou em nono lugar. "O nosso cônsul está a acompanhar a situação, está em contacto com as autoridades norte-americanas. Até ao momento não temos qualquer informação de qualquer português atingido", sublinhou José Cesário.

 

Comitiva da atleta Dulce Félix está bem

 

A comitiva portuguesa que acompanhou a atleta Dulce Félix na maratona de Boston, nos Estados Unidos, estava próxima do local onde aconteceram hoje duas explosões, mas nenhum dos elementos foi afectado, disse à Lusa o empresário da desportista.

 

Hugo Sousa explicou à agência Lusa que a comitiva e a atleta portuguesa estavam a almoçar no hotel da organização, a cerca de 200 metros da meta da maratona, quando ouviram as explosões: "Percebemos que algo de grave tinha acontecido". "A organização pediu-nos para estarmos com calma, esperar notícias e tentar perceber que se passou realmente. Não há explicações se foi acidente, explosão de conduta de gás, atentado, tudo o que se fala são especulações", descreveu.

 

De acordo com Hugo Sousa, havia 16 portugueses a correr a maratona, alguns amadores, mas desconhece-se a situação desses atletas.

 

As explosões terão ocorrido na zona das bancadas e "alguns dos feridos certamente eram pessoas que estavam ainda a cortar a meta", referiu.

 

Contactado pela Lusa, o cônsul de Portugal em Boston, Paulo Cunha Alves, disse que não tinha ainda qualquer informação sobre os feridos e se entre eles estão portugueses. "Não temos notícias concretas ainda. Ainda é cedo", afirmou.

 

Também Sérgio Costa saiu ileso

 

A Federação Portuguesa de Atletismo informou hoje que, além de Dulce Félix, o atleta Sérgio Costa saiu ileso das duas "grandes explosões" na maratona de Boston horas após os primeiros desportistas cortarem a meta.

 

"Dos 16 portugueses em prova, neste momento só conseguimos confirmar que a Ana Dulce [Félix] e toda a comitiva portuguesa que acompanha os atletas de elite, Hugo Sousa, Sílvia Martins e Maria do Sameiro Araújo, estão em segurança. Vamos ser pacientes e aguardar pelas informações oficiais das forças de segurança", refere a federação de atletismo na sua conta de Facebook.

 

Entretanto, um amigo de Sérgio Costa também testemunhou na mesma rede social, na página da federação, que o atleta está bem.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias