Mundo Dois terços da população mundial vai viver em cidades em 2050

Dois terços da população mundial vai viver em cidades em 2050

Cerca de 55% da população mundial vive numa área urbana, um número que vai chegar aos 68% nas próximas décadas.
Dois terços da população mundial vai viver em cidades em 2050
SeongJoon Cho/Bloomberg
Raquel Murgeira 18 de maio de 2018 às 11:37

Estima-se que cerca de dois terços da população mundial viva numa cidade em 2050. A Índia, a China e a Nigéria vão impulsionar o reforço da urbanização, representando 35% do crescimento da população urbana entre 2018 e 2050, segundo um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU).

Cerca de 55% da população mundial vive actualmente numa cidade. O estudo estima que nas próximas décadas suba para 68%.

O estudo prevê ainda um aumento do número de grandes metrópoles em todo o mundo. Até ao momento, existem 33 grandes centros urbanos com uma população estimada de mais de 10 milhões de pessoas. Já em 2030, espera-se que sejam atingidos os 43 centros urbanos, principalmente em países em desenvolvimento. Em 1990, existiam apenas 10 grandes metrópoles em todo o mundo.

Actualmente, Tóquio, capital do Japão, é a maior cidade do mundo, com uma população de aproximadamente 37 milhões de pessoas. Segue-se Nova Déli, capital da Índia, com cerca de 29 milhões de habitantes e Xangai, China, com 26 milhões de pessoas. A previsão do estudo indica que a capital indiana ultrapasse Tóquio já em 2028.

O crescimento dos grandes centros urbanos será acelerado pela transição de áreas rurais para áreas urbanas, em particular no continente asiático.

Na América do Norte, 82% das pessoas vivem em cidades, em comparação com 74% na Europa e 50% na Ásia, enquanto África é o continente menos povoado em grandes cidades, com 43% das pessoas a viver em centros urbanos, adianta o estudo.

 

 

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI