Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Suécia surpreende com descida dos juros para -0,5%

O banco central da Suécia garantiu estar disponível para recorrer a todos os instrumentos à disposição para impulsionar a inflação e evitar a apreciação da coroa sueca.

Bloomberg
Rita Faria afaria@negocios.pt 11 de Fevereiro de 2016 às 10:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O banco central da Suécia cortou a taxa de juro de referência – que já estava abaixo de zero - e garantiu estar preparado para usar todos os instrumentos à disposição para impulsionar o crescimento dos preços e evitar a apreciação da coroa sueca.

A taxa de juro de referência desceu de -0,35% para -0,5%, um corte superior ao esperado pelos analistas. 10 dos 18 especialistas consultados pela Bloomberg antecipavam uma descida, mas apenas três um recuo desta dimensão.

O banco central do país nórdico, liderado por Stefan Ingves (na foto), garantiu também que as compras de títulos de dívida vão continuar como planeado nos primeiros seis meses deste ano.


"A incerteza em torno da evolução global ainda é elevada, com a inflação baixa e vários bancos centrais a prosseguirem uma política monetária mais expansionista. A política monetária sueca tem de estar de acordo. Caso contrário, a taxa de câmbio da coroa poderá subir a um ritmo mais rápido do que o previsto, o que poderá dificultar a subida da inflação e a sua estabilização em torno de 2%", explica o Riksbank, o banco central da Suécia, num comunicado citado pela Bloomberg.

Os responsáveis do banco central lançaram estímulos sem precedentes durante o ano passado para salvar a economia da deflação e manter a divisa estável, na mesma linha que foi seguida pelo Banco Central Europeu (BCE). 

Embora a economia sueca tenha crescido 3,9 % no terceiro trimestre de 2015 face ao mesmo período do ano anterior, a inflação desacelerou para 0,9% em Dezembro. 

Ver comentários
Saber mais Suécia banco central da Suécia juros Riksbank
Mais lidas
Outras Notícias