Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mariano Rajoy recusa demitir-se

O primeiro-ministro de Espanha, Mariano Rajoy, envolvido num escândalo de alegada corrupção, afirmou hoje que não se vai demitir, como exigiu a oposição, e apontou uma "chantagem" contra o Estado de Direito.

Reuters
Lusa 15 de Julho de 2013 às 15:40
  • Partilhar artigo
  • 20
  • ...

"Cumprirei o mandato que me foi dado pelos espanhóis", disse Mariano Rajoy numa conferência de imprensa no Palácio da Moncloa.

 

"O Estado de Direito não se submete a chantagem", disse, acrescentando que a justiça continuará a fazer o seu trabalho "sem nenhuma pressão", "indicação" ou "ingerência".

 

"Um primeiro-ministro não pode sair de cada vez que insinuações, rumores ou informações interessadas de todo o tipo são publicadas", afirmou.

 

O principal partido da oposição, o Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), exigiu no domingo a demissão de Rajoy, primeiro-ministro desde 2011 e líder do Partido Popular desde 2004, depois da publicação pelo jornal El Mundo de uma lista de mensagens trocadas entre Rajoy e o ex-tesoureiro do Partido Popular Luis Bárcenas, suspeito de corrupção.

 

Segundo as mensagens, o primeiro-ministro pediu silêncio a Bárcenas relativamente à existência de uma contabilidade paralela ou de pagamento ilícitos no PP.

Ver comentários
Saber mais Rajoy PSOE
Outras Notícias