Saúde Saúde Sustentável: Fernando de Pádua recebe Prémio Personalidade

Saúde Sustentável: Fernando de Pádua recebe Prémio Personalidade

O médico cardiologista foi o escolhido pelo júri da Saúde Sustentável para receber este ano o Prémio Personalidade, numa cerimónia onde foram também distinguidas outras instituições de saúde.
Saúde Sustentável: Fernando de Pádua recebe Prémio Personalidade
Vítor N. Garcia/Cofina
Filipe Fernandes 03 de outubro de 2018 às 19:40

Fernando de Pádua recebeu esta quarta-feira o Prémio Personalidade, atribuído pelo júri do Prémio Saúde Sustentável, numa cerimónia que decorreu no Museu Oriente em Lisboa, onde também foram distinguidas nove instituições de cuidados de saúde.


Aos 92 anos, Fernando de Pádua continua a ser o médico do lacinho que fez da medicina preventiva uma causa, tudo por causa do coração. Licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, onde viria o doutoramento em Medicina e Cardiologia, e foi médico no Hospital de Santa Maria.

Foi após a sua graduação em Cardiologia pela Harvard University, em 1953, que se tornou o defensor da prevenção na saúde, de que o combate ao tabagismo, em nome de um coração saudável, foi um exemplo. Presidiu à Sociedade Portuguesa de Cardiologia, fundou e liderou a Fundação Portuguesa de Cardiologia, o Instituto Nacional de Cardiologia Preventiva e a Fundação Professor Fernando de Pádua.

O Prémio Saúde Sustentável, uma iniciativa conjunta entre a Sanofi e o Jornal de Negócios, distingue os centros de excelência dos prestadores de saúde em cinco categorias. Na categoria de Cuidados Primário, ganhou a ACES Cávado III – Barcelos/Esposende com a Gestão do Percurso do Utente com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC).

Na categoria de Cuidados Hospitalares venceu o Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho - Unidade Neurorradiologia de Intervenção/Unidade de AVC, com o projecto Stroke Center. Na categoria dos Cuidados Continuados o prémio foi para a Santa Casa da Misericórdia de Pedrógão Grande, com o projecto Cuidar em Humanitude.

Na categoria Prevenção e Promoção da Saúde, a distinção foi para o Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/ Espinho, com o projecto Domiciliação. Na categoria de Projectos Especiais integrados, a vitória coube à Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano com o Programa de Gestão de Caso para Doentes Crónicos com Multimorbilidade.

Foram ainda atribuídas quatro menções honrosas. A Fundação Nossa Senhora do Bom Sucesso destacou-se no critério dos resultados em saúde, e na experiência do cliente a relevância foi para o Centro de Responsabilidade de Oftalmologia, NOA-Núcleo de Oftalmologia de Almada do Hospital Garcia da Orta. No critério da Sustentabilidade Económica brilhou o Centro de Diagnóstico Pré-Natal do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho, enquanto a distinção no critério Carácter Inovador a distinção foi para a Multicare- Seguros de Saúde.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI