Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ministra do Mar nos EUA para atrair investidores

Ana Paula Vitorino vai participar numa conferência sobre oceanos e terá reuniões com empresas e fundos de investimento norte-americanos que demonstraram interesse em desenvolver actividades da economia do mar portuguesa.

Ana Paula Vitorino - Mar: Na semana em que houve um Conselho de Ministros extraordinário, presidido por Cavaco Silva, dedicado à economia do mar, nenhum dos entrevistados pela Aximage nomeou Ana Paula Vitorino como a ministra de que se recorda. O que não impede que o nome desta licenciada em Engenharia Civil, ex-secretária de Estado dos Transportes na era Sócrates e casada com o braço direito de Costa, Eduardo Cabrita, seja mais citada como a pior da equipa governativa (0,7%) do que como a melhor (0,1).
Bruno simão
Negócios 13 de Setembro de 2016 às 13:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, inicia esta terça-feira, 13 de Setembro, uma visita de quatro dias a Washington onde, além de representar Portugal no "Our Ocean Conference", vai reunir-se com fundos de investimento e empresas norte-americanas "com vista à atracção de investimento para o desenvolvimento da economia do mar".

Em comunicado enviado às redaccções, o Ministério do Mar adianta que Ana Paula Vitorino vai encontrar-se com responsáveis dos fundos de investimento Bloomberg Philantropies e Encourage Capital e da Lockheed Martin.

Estes fundos de investimento estão orientados para o financiamento de projectos empresariais e de ciência na área da economia sustentável, com interesse em soluções de energia renovável oceânica, aquacultura sustentável e biotecnologia azul.

Já a Lockheed Martin é uma empresa de alta tecnologia avançada em diversos domínios da engenharia, com interesse em soluções de energia renovável oceânica e engenharia offshore, sublinha o mesmo comunicado.


Ana Paula Vitorino participa na Our Ocean Conference, a convite do Secretário de Estado Norte-americano John Kerry. Este evento anual realizado pelo Governo dos EUA desde 2014 tem como principal objectivo promover uma agenda de protecção e conservação dos oceanos, em que em todas as edições os países participantes são convidados pela organização a definir compromissos políticos.

Para este ano, de acordo com o Ministério do Mar, Portugal vai anunciar a participação de Portugal como parceiro da Safe Ocean Network, uma rede de combate à pesca ilegal liderada pelos EUA, assim como o lançamento do Fundo Azul, um instrumento de financiamento público para o desenvolvimento sustentável da economia do mar, o qual está aberto a parcerias com entidades privadas para criação de linhas de financiamento para as indústrias oceânicas.

Ver comentários
Saber mais Ministério do Mar Ana Paula Vitorino Fundo Azul
Mais lidas
Outras Notícias