Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Feira de vinhos “desconfina” no Porto com 1.500 provadores

O Mercado Ferreira Borges acolhe a 17 e 18 de abril a 5.ª edição do “Vinhos a Descobrir”, com 40 produtores nacionais. A organização diz que informou a autarquia e sente os consumidores com “grande vontade de desconfinar".

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 14 de Abril de 2021 às 10:46
  • Partilhar artigo
  • ...

Chama-se "Vinhos a Descobrir" e é um dos primeiros eventos do setor a aproveitar o período de desconfinamento para regressar ao contacto ao vivo com o público, no Hard Club do Mercado Ferreira Borges, no Porto. Em fevereiro, quando "já estava tudo preparado para avançar" e inscritos 80% dos 40 produtores provenientes de várias regiões do país, a organização foi obrigada a adiar a iniciativa, que estava agendada para a véspera da Páscoa.

 

Ao Negócios, a organizadora do evento, Ana Ferro, diz que espera receber cerca de 1.500 visitantes no fim de semana de 17 e 18 de abril, "tendo em conta as restrições de pessoas e a necessidade de haver espaço adicional" entre elas. Um número que, a confirmar-se, será semelhante ao das primeiras duas edições (2018 e 2019) e superior ao registado nas que foram realizadas em setembro e dezembro de 2020, já em plena pandemia de covid-19, em que "o receio fez com que muitos não visitassem" o espaço.

 

"O Mercado Ferreira Borges tem mais de seis metros de pé direito, sendo naturalmente um lugar arejado e no qual nos sentimos à vontade. Haverá várias pessoas que não irão visitar por não quererem estar em locais nos quais estejam outras pessoas, mas temos sentido uma grande vontade de ‘desconfinar’. Para nossa segurança e conforto, tem um espaço de varanda excelente, permitindo usufruir do ‘wine market’ em pleno", confia.

 

A empresária conta que o Ferreira Borges é "equiparado a um mercado ao ar livre" e, por isso, não teve de pedir qualquer autorização às autoridades de saúde, tendo apenas "realizado o contacto" com a Câmara Municipal do Porto (CMP). "Dado o espaço do Mercado ser privado, a CMP não necessita dar aprovação. Contudo, efetuei na mesma o pedido. Foi feito o reforço para o cumprimento de todas as normas", acrescenta.

 

Várias pessoas não irão visitar por não quererem estar em locais nos quais estejam outras pessoas, mas temos sentido uma grande vontade de desconfinar. Ana Ferro, organizadora do evento "Vinhos a Descobrir"

 

Torres de desinfeção à entrada e à saída, desinfeção das mãos e medição de temperatura corporal e uso de máscara obrigatório (exceto durante o consumo de vinho ou de produtos regionais) são algumas das medidas elencadas pela responsável da Inspire, o nome comercial da Sombras da Cidade Lda. Criada em dezembro de 2015 por Ana Ferro e pelo marido, que é também sócio da empresa, além da realização de eventos, a empresa dedica-se também à formação, consultoria e assessoria em hotelaria.

De portas abertas das 11h às 19h no sábado e das 12h às 19h no domingo – dia em que recebe também profissionais do setor –, a 5.ª edição do "Vinhos a Descobrir" tem um preço de entrada de 3 euros, que sobe para os 5 euros com a oferta de um copo e um vale de desconto na compra direta de vinhos, com a promessa de "preços especiais". O bilhete não garante a prova de todas as 350 referências, embora "muitos produtores [ofereçam] a prova de todas as referências que trazem, dado estarem com o intuito de divulgar os seus vinhos, para que o visitante possa adquirir na feira".

Ver comentários
Saber mais agricultura vinho Porto feira Mercado Ferreira Borges desconfinamento pandemia
Outras Notícias