Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bank Millennium chegou a acordo com 2.500 clientes com créditos em francos suíços

O banco tem procurado reduzir o número de processos em litígio, no caso que envolve clientes com créditos hipotecários em moeda estrangeira

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 26 de Outubro de 2021 às 10:39
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

O banco do BCP na Polónia conseguiu tirar dos tribunais mais 2.500 processos relacionados com contratos hipotecários em francos suíços, durante o terceiro trimestre do ano. O número ficou acima das estimativas do Bank Millennium, que esperava conseguir fechar 2.000 acordos, segundo adiantou o CEO João Brás Jorge, numa conferência, citado pela Bloomberg.

 

Em relação ao quarto trimestre do ano, o líder da instituição realçou que ficaria muito feliz se a entidade voltasse a conseguir o mesmo número de acordos, mas referiu que 2.000 também será um sucesso.

 

Em relação aos valores suportados para tirar estes processos dos tribunais, o CEO do banco argumentou que os custos variam e a maioria dos acordos foram estabelecidos com clientes que querem ser reembolsados mais rapidamente, sem estarem à espera dos tribunais.

 

As provisões associada à carteira de créditos hipotecários em francos suíços têm penalizado as contas do banco. O Bank Millennium fechou os primeiros nove meses do ano com prejuízos de 823 milhões de zlótis (181 milhões de euros), sendo que o resultado "foi substancialmente influenciado por provisões relacionadas com riscos legais associados à carteira de créditos hipotecários concedidos em moeda estrangeira no montante total de 1.573 milhões de zlótis (346,3 milhões de euros)", adiantou esta manhã em comunicado.

 

A conversão de créditos em francos suíços para a moeda local é um tema que se arrasta há vários anos e que tem tido vários desenvolvimentos. O Tribunal de Justiça Europeu, em 2019, determinou que os clientes dos bancos polacos podem pedir aos tribunais que os contratos de crédito à habitação celebrados em 2008 e denominados em francos suíços sejam convertidos para a moeda local. 

 

O Supremo polaco adiou para novembro uma decisão sobre esta matéria, mas o CEO João Brás Jorge tem tentado resolver estas disputas fora do tribunal, procurando acordos com os clientes em litígio.

Ver comentários
Saber mais banca BCP Bank Millennium créditos francos suíços
Outras Notícias