Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bava: "Não houve intenção de dar informação errónea ao mercado"

O ex-presidente da PT, Zeinal Bava, assume que a intenção de diversificar as aplicações não foi seguida. Mas que não houve intenção de dar informação errada ao mercado quando se falava dessa diversificação no relatório e contas.

Miguel Baltazar
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 26 de Fevereiro de 2015 às 21:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

Os relatórios e contas da PT falavam da diversificação do risco nas aplicações de tesouraria, o que, se percebe agora, não era seguido, já que a maior parte dos investimentos eram feitos no BES. Zeinal Bava assume que essa era uma "intenção, mas que de facto a PT tinha uma concentração maior do que estaria sendo sugerida nesse parágrafo". 

 

Assumiu aos deputados que "a intenção de garantir diversificação na prática não era seguida. Não me cabe qualificar se era informação falsa, mas não houve intenção de dar informação errónea ao mercado. Estou convicto e de plena consciência que a PT nunca colocou nada em nenhum documento que tivesse como intenção não dar melhor informação ao mercado". 

 

Mariana Mortágua, deputada do Bloco de Esquerda, acabou por afirmar que não era isso aconteceu. "A evidência é como está a dizer. Mas não houve intenção de... Sempre a PT fez tudo para garantir a melhor informação possível ao mercado".

Ver comentários
Saber mais Zeinal Bava PT Mariana Mortágua Bloco de Esquerda
Mais lidas
Outras Notícias