Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Quem é a nova mulher-forte do Santander?

Filha, neta e bisneta de banqueiros. Ana Patricia é a quarta geração dos Botín a chegar à presidência do maior banco espanhol. No passado, tem já considerações como a de mais poderosa da Europa.

A carregar o vídeo ...
Ana Botin Takes the Reins at Santander
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 10 de Setembro de 2014 às 20:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

É a terceira mulher mais influente do Reino Unido que chega à presidência do Banco Santander. Ana Patricia Botín vai liderar o cargo ocupado pelo seu pai, Emilio Botin, falecido esta quarta-feira de ataque cardíaco.

 

É filha de banqueiro mas no passado há ainda outras duas gerações habituadas a lidar com a banca. E com o Santander. Foram todos presidentes. Ana já era vogal da administração. Hoje ascendeu à presidência da cúpula daquela instituição, para a qual entrou como membro da administração em 1989. "Nascida para ser banqueira", escreve o Expansión.

 

"É a pessoa mais idónea, dadas as suas qualidades pessoais e profissionais, a sua experiência, a sua trajectória no grupo e o seu unânime reconhecimento nacional e internacional", indicou o órgão social do Santander responsável pelas nomeações. A imprensa espanhola escreve que a sucessão era esperada, ainda que ninguém esperasse que fosse tão repentina. A tese é a de que, em Outubro, com a celebração dos 80 anos de idade de Emílio, a filha seria eleita sua sucessora.

 

A Bloomberg escreve que Ana fala cinco línguas e foi campeã júnior de golfe (que o pai também jogava). Tal como o seu pai, também foi a cidade que deu o nome ao banco que a viu nascer, em 1960. 54 anos depois, estava à frente da unidade britânica do Santander. Saiu agora, dando lugar a Nathan Bostock, que em Agosto tinha sido nomeado vice-presidente executivo.

 

Antes de ir para a City londrina, Ana esteve no espanhol Banesto enquanto presidente executiva durante 10 anos. Fora da banca, um dos cargos relevantes é a de ser administrador não executiva da Coca-Cola. Foi nos Estados Unidos que estudou economia. E foi aí que trabalhou no JPMorgan. 

Ver comentários
Saber mais Ana Patricia Botín Banco Santander
Mais lidas
Outras Notícias