Banca & Finanças Venezuela leva Novo Banco a tribunal por bloqueio de contas

Venezuela leva Novo Banco a tribunal por bloqueio de contas

Cinco providências cautelares deram entrada no Tribunal de Comércio de Lisboa contra o Novo Banco devido ao bloqueio de contas no país com um saldo total de 1,5 mil milhões de euros.
Venezuela leva Novo Banco a tribunal por bloqueio de contas
Tiago Petinga/Lusa
Negócios 22 de março de 2019 às 08:48

A Venezuela levou o Novo Banco a tribunal. São, ao todo, quatro as entidades públicas venezuelanas que avançaram, no início deste mês, com uma ação judicial contra o banco liderado por António Ramalho por ter bloqueado contas com um saldo total de 1,5 mil milhões de euros.

 

De acordo com o Jornal Económico, este montante de depósitos será imediatamente retirado do banco nos próximos dias caso o tribunal decida aceitar as providências cautelares interpostas pelo banco estatal Bandes, petrolífera PDVSA, PDVSA Services e Petrocedeño. 

 

Em causa estão cinco providências cautelares que deram entrada no Tribunal de Comércio de Lisboa e que reclamam o pagamento de uma centena de ordens de pagamento que foram recusadas pelo Novo Banco desde fevereiro por suspeitas de branqueamento de capitais.

 

Na ação judicial, as entidades venezuelanas afirmam que todas as ordens foram acompanhadas de documentação, nomeadamente a identificação do beneficiário e contratos justificativos. Mas, de acordo com o jornal, as recusas são "sistemáticas" e "sem apresentação de justificações".

 

Este bloqueio surgiu com o agravamento da crise na Venezuela, em janeiro, quando o líder da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, se autoproclamou presidente da república interino e declarou que assumia os poderes executivos para marcar eleições e dirigir uma transição de regime.

 

Em fevereiro, o Novo Banco decidiu suspender a transferência de 1,2 mil milhões de dólares do Governo venezuelano para o Uruguai, como pedido pelo Governo de Nicolás Maduro, conforme afirmou à agência Reuters o deputado venezuelano da oposição Carlos Paparoni. 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI