Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo francês opõe-se a compra do Carrefour por grupo canadiano

A oferta de aquisição do Carrefour pelo grupo canadiano Alimentation Couche-Tard no valor de 16,4 mil milhões de euros é mal vista pelo Governo francês, que invoca questões de soberania e interesse nacional.

Bloomberg
Negócios jng@negocios.pt 13 de Janeiro de 2021 às 21:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O Governo francês opõe-se à compra do Carrefour pela canadiana Alimentation Couche-Tard, disse esta quarta-feira o ministro das Finanças gaulês, Bruno Le Maire.

Em declarações à estação televisiva France 5, Le Maire considerou que a crise pandémica demonstrou a importância do controlo doméstico sobre a cadeia de oferta alimentar. "Deste ponto de vista, a ideia do Carrefour ser comprado por um rival estrangeiro...não sou a favor deste negócio", referiu o ministro.

A Couche-Tard apresentou uma oferta inicial de 20 euro por ação da cadeia de supermercados francesa.

Mas, Le Maire sublinhou que as regras de escrutínio do investimento estrangeiro aprovadas durante a pandemia permitem ao Governo bloquear negócios na distribuição alimentar. "A soberania alimentar vem antes de tudo o resto", disse Le Maire.

Ver comentários
Saber mais Carrefour Alimentation Couche-Tard Bruno Le Maire
Outras Notícias