Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Palanca angolana “morde” Portugal com batatas fritas

Inaugurada em plena pandemia, a fábrica agroalimentar do empresário Duarte Gomes alimenta a estratégia de internacionalização da marca que ostenta o nome do mais conhecido antílope da província de Malanje.

Rui Neves ruineves@negocios.pt 07 de Dezembro de 2022 às 16:06

O grupo angolano Tegma-Su marcou para a próxima sexta-feira, 9 de Dezembro, o lançamento comercial da marca de batatas fritas Palanca em Portugal, dando assim mais um passo no processo de internacionalização de um produto que começou a produzir, em Fevereiro de 2020,na sua fábrica situada na província de Malanje, onde investiu seis milhões de dólares (5,7 milhões de euros).  

 

A Tegma-Su considera que "Portugal é um grande mercado para este tipo de produtos", suportando as suas expectativas com "um estudo TGI da Marktest de 2020" que revela que "três quartos dos portugueses consomem batatas fritas de pacote e 6,4 milhões de portugueses referem ter consumido batatas fritas de pacote nos últimos 12 meses".

 

A marca que adoptou o nome do mais conhecido antílope de Malange apresenta-se como "uma batata focada em trazer um sabor mais natural, menos processado", garante a empresa, em comunicado.

 

A fábrica do grupo de António Duarte Gomes criou "mais de 100 postos de trabalho directos na província de Malanje e conta com mais de 50 colaboradores na capital, Luanda", realça a Tegma-Su.

 

"Para além de comercializar um produto de qualidade e de referência que nos permita a exportação para diferentes mercados, queremos também ajudar a economia do nosso país em matéria de comércio e do mercado de emprego, contando a 100% com trabalhadores nacionais", enfatiza o empresário.

 

Ver comentários
Saber mais palanca batatas fritas malange duarte gomes
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio