Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

"Braço" segurador da Sonae compra 45% da FlexBen

A MDS, holding de corretagem da Sonae, adquiriu 45% da FlexBen, tecnológica que desenvolve soluções que permitem às empresas definir, implementar e gerir os seus planos de benefícios flexíveis a entregar aos trabalhadores.

Liderada por José Manuel Dias da Fonseca há mais de 16 anos, a MDS continua às compras. Paulo Duarte/Negócios
Rui Neves ruineves@negocios.pt 21 de Março de 2017 às 11:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

É a maior empresa portuguesa do sector financeiro a nível mundial. Chama-se MDS e foi criada em 1984 como corretora cativa do grupo Sonae. A partir do Porto, tornou-se uma multinacional na área da corretagem de seguros, tendo ao longo destes anos investido fortemente no crescimento por aquisição.

 

Líder em Portugal e terceira no Brasil, detém 9,72% da ED, maior "broker" independente do mundo, lidera a gigante rede global Brokerslink e, no final do ano passado, adquiriu uma participação de 35% no capital da operação espanhola da francesa Filhet-Allard, dando origem à Filhet-Allard MDS. Uma transacção então classificada como "o maior investimento de sempre" de um grupo português no sector dos seguros em Espanha.

 

Hoje, 21 de Março, a MDS anunciou mais uma compra, desta vez em Portugal, com a aquisição de 45% do capital da empresa especializada em benefícios flexíveis, passando assim a cobrir todas as áreas de "employee benefits" numa parceria com o grupo Trivalor (que detém também 45% da FlexBen) e a Advantis (parceiro tecnológico que detém os restantes 10% da FlexBen).

 

A FlexBen é uma empresa portuguesa de base tecnológica que desenvolve soluções que facilitam e apoiam as empresas na definição de diferentes tipos de benefícios a entregar aos colaboradores.

 

"A aquisição da FlexBen, criando uma parceria estratégica com o grupo Trivalor e a Advantis, vem reforçar a nossa área de seguros de ‘employee benefits’ e coloca-nos na linha da frente no incontornável tema dos benefícios flexíveis", afirma Ricardo Pinto dos Santos, CEO da MDS Portugal, em comunicado.

 

Segundo o mesmo documento, "a solidez accionista da FlexBen permite-lhe explorar novas oportunidades de crescimento, estando a MDS empenhada em potenciar as suas mais-valias no mercado nacional e internacional"

 

Tendo em conta que "os benefícios flexíveis são hoje fundamentais para as empresas na captação e retenção dos seus colaboradores, dando vantagem competitiva às empresas que dispõem deste tipo de soluções", para Mário Vinhas, Deputy Executive Director da MDS Portugal, "a solução tecnológica disponibilizada pela FlexBen é uma mais-valia para os gestores e responsáveis de recursos humanos, bem como para os próprios colaboradores, já que facilita a gestão de programas de benefícios flexíveis, cada vez mais personalizados".

Ver comentários
Saber mais MDS FlexBen corretagem seguros Sonae Trivalor Advantis Ricardo Pinto dos Santos Mário Vinhas
Mais lidas
Outras Notícias