Empresas Corticeira Amorim baixa lucros em 1,1% no primeiro trimestre

Corticeira Amorim baixa lucros em 1,1% no primeiro trimestre

A empresa de cortiça reportou lucros de 18,6 milhões de euros, ligeiramente abaixo do período homólogo do ano passado. Já as vendas aumentaram 9,2%.
Corticeira Amorim baixa lucros em 1,1% no primeiro trimestre
Carla Pedro 08 de maio de 2019 às 17:13

A Corticeira Amorim encerrou os primeiros três meses do ano lucros de 18,6 milhões de euros, o que corresponde a uma quebra de 1,1% face ao período homólogo de 2018.

 

Este valor fica assim acima das previsões dos analistas do BPI, que apontavam para um recuo de 11% no resultado líquido, para 17 milhões de euros.

 

A empresa salienta que os resultados líquidos foram "estáveis, apesar do contexto de forte subida do preço das matérias-primas".

 

"Num contexto de redução do EBITDA, resultante do aumento do preço de consumo da cortiça e da performance negativa da UN Revestimentos, a redução verificada no resultado líquido é menos significativa do que se poderia antecipar", sublinha a empresa no comunicado com a apresentação dos resultados divulgado junto da CMVM.

 

O EBITDA consolidado foi inferior ao do trimestre homólogo em 5,6%, tendo atingido os 34,8 milhões de euros (contra 36,8 milhões entre janeiro e março do ano passado).

 

Os analistas do BPI estimavam uma descida de 9% do EBITDA, para 34 milhões de euros, pelo que os números reportados também ficam acima do esperado.

 

"Decorrente essencialmente do aumento do preço de consumo das matérias-primas, o rácio EBITDA/vendas apresenta uma diminuição relativamente ao período homólogo (de 19,9% para 17,2%)", destaca o documento, que acrescenta que "tendo por referência o rácio dos 12 meses de 2018 (17,6%), verifica-se que a redução não é significativa e em está em linha com a expectativa existente. Os aumentos de preço e ganhos de eficiência operacional atenuaram a redução do EBITDA".

 

As vendas, no período em análise, ascenderam a 202,3 milhões de euros, mais 9,2% do que no mesmo período do ano passado (185,3 milhões).

 

Também este valor foi superior ao projetado pelos analistas do BPI, cuja estimativa média apontava para um aumento de 6% das receitas, para 197 milhões de euros.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI