Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Falta de acordo entre Governo e seguradoras trava exportações

O Governo alargou o limite máximo de garantias estatais aos seguros de crédito, mas o modelo que está a propor não é aceite pelas seguradoras.

DR
Negócios jng@negocios.pt 02 de Junho de 2020 às 08:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Há dois meses que o Governo tem luz verde da Comissão Europeia e da Assembleia da República para alargar a garantia estatal aos seguros de crédito, mas continua sem chegar a acordo com as seguradoras, uma situação que está a travar o apoio às empresas exportadoras. A notícia é avançada esta terça-feira, 2 de junho, pelo Público, que indica que as seguradoras consideram o acordo proposto pelo Governo insuficiente.

O limite máximo para a concessão de garantias de seguros de crédito foi reforçado em mil milhões de euros no mês passado, sendo agora de três mil milhões de euros. Esta era uma das 14 medidas do pacote "Ação Covid-19", previstas no Programa Internacionalizar 2030, que visam inverter a quebra das exportações previstas para este ano.

Contudo, conforme explica o Público, o modelo proposto pelo Governo, que não é aceite pelas seguradoras, estende as garantias das exportações mas deixa de fora o mercado nacional, ao mesmo tempo que exclui o resseguro, soluções adotadas, por exemplo, por França e Alemanha.

Perante este cenário, as empresas falam em "asfixia" às exportações e relatam que as seguradoras estão a cortar "cegamente nos seguros" deixando "sozinho exposto ao risco" quem está a produzir e a entregar encomendas.
Ver comentários
Saber mais exportações seguro de crédito coronavírus comissão europeia
Mais lidas
Outras Notícias