Empresas Mercadona abre candidaturas para 90 empregos na Póvoa de Varzim

Mercadona abre candidaturas para 90 empregos na Póvoa de Varzim

A cadeia espanhola já deu inicio à primeira fase deste processo de recrutamento, que prevê a contratação de 20 operadores de armazém para o bloco logístico da Póvoa de Varzim. No total, a empresa quer contratar 90 funcionários.
Mercadona abre candidaturas para 90 empregos na Póvoa de Varzim
Bloomberg
Rita Faria 26 de novembro de 2018 às 10:38

A cadeia de supermercados espanhola Mercadona quer contratar 90 trabalhadores para o seu futuro bloco logístico na freguesia de Laúndos, na Póvoa de Varzim. A primeira fase de recrutamento inicia-se agora e prevê a contratação de 20 operadores de armazém, de acordo com a informação disponibilizada pela empresa, em comunicado.

O bloco logístico da Póvoa de Varzim, com uma área total de 50.000 metros quadrados, terá os armazéns de secos, frescos, refrigerados e congelados, e servirá de apoio ao desenvolvimento da actividade logística da Mercadona em Portugal.

Segundo o comunicado da empresa, as obras de construção já estão a decorrer, com o objectivo de garantir a abertura dos primeiros supermercados da Mercadona, já no segundo semestre do próximo ano.

Para a função de operador de armazém, a empresa procura candidatos com a escolaridade mínima obrigatória e disponibilidade para trabalhar em horário semanal de 40 horas.

"As pessoas contratadas vão receber uma formação inicial em Espanha sendo considerado tempo de serviço efectivo desde o primeiro dia", detalha a empresa. "Durante o período de formação aprenderão o Modelo de Qualidade Total (modelo de gestão aplicado pela Mercadona) e a desempenhar as funções próprias do respectivo posto de trabalho".

Os colaboradores terão todos os gastos de alojamento e alimentação a cargo da empresa, assim como as deslocações. Todos os interessados nas diferentes ofertas de emprego da Mercadona podem apresentar a sua candidatura através do site da empresa: www.mercadona.pt, acedendo à secção "Emprego" e submetendo o seu currículo.

 

A cadeia espanhola, que em Portugal tem sede no Porto, vai abrir 10 lojas em território nacional no segundo semestre de 2019, contando já com 300 colaboradores.

A empresa também tem um Centro de Coinovação, em Matosinhos, um laboratório de ideias para ajudar a cadeia de supermercados a definir, junto dos clientes portugueses, o sortido de produtos em Portugal.




Saber mais e Alertas
pub