Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Oi prevê concluir conversão de dívida em Junho. Pharol deverá ficar com 7,66%

A operadora de telecomunicações deverá antecipar a conclusão do processo de conversão de dívida em cerca de um mês, revelou o administrador financeiro da Oi ao jornal Valor Econômico. A Pharol deverá ver a sua posição reduzida a 7,66%, revela a mesma publicação.

Nacho Doce/Reuters
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 13 de Abril de 2018 às 10:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...

A Oi deverá concluir a conversão de dívida mais cedo. A data estipulada para o fim desta operação é 31 de Julho, mas o administrador financeiro da empresa, Carlos Augusto Brandão, revelou ao Valor Econômico que a intenção é terminar a operação em Junho.

 

Esta medida vai diluir a posição dos actuais accionistas, uma vez que converte dívidas em capital. Ainda ontem foi revelado que os credores da Oi deverão ficar com 72,12% do capital da empresa.

A Pharol detém 22,24% da Oi e, neste processo, deverá ficar com 7,66%, segundo a mesma publicação.

 

O administrador financeiro da Oi adiantou ainda, na mesma entrevista, que prevê que o aumento de capital, que deverá superar os quatro mil milhões de reais (956 milhões de euros), ocorra no quarto trimestre do ano.

 

A Pharol, que ficará assim com menos de 8% do capital da Oi, tem, quando for notificado o período para o aumento de capital, um período no qual poderá exercer o seu direito de preferência nessa capitalização. 

Esta entrevista surgiu no dia em que a Oi revelou os resultados de 2017, tendo reportado uma queda dos prejuízos de 20,7% para 6,365 mil milhões de reais (1,5 mil milhões de euros), uma melhoria face aos mais de oito mil milhões de reais registados um ano antes.

Ver comentários
Saber mais Oi Pharol Carlos Augusto Brandão
Outras Notícias