Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Reforço da Ongoing Strategic na PT é positivo

O BPI considera que o aumento da posição da Ongoing Strategy na Portugal Telecom (PT) é positivo, uma vez que indica que os principais accionistas que apoiaram a empresa contra a OPA da Sonaecom vão manter-se ou até reforçar as suas posições.

Patrícia Silva Dias patriciadias@negocios.pt 13 de Março de 2007 às 10:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O BPI considera que o aumento da posição da Ongoing Strategy na Portugal Telecom (PT) é positivo, uma vez que indica que os principais accionistas que apoiaram a empresa contra a OPA da Sonaecom vão manter-se ou até reforçar as suas posições.

A Ongoing Strategic Investments, depois de ter comprado acções a 9 de Março, passou a ser titular de um total de 60.404.969 acções da PT, que correspondem a 5,351% do capital da empresa. Já na sexta-feira, a empresa dirigida por Nuno Vasconcellos, um dos rostos de oposição à OPA, comprou 4.735.178 títulos da operadora, tendo superado assim a fasquia dos 5%.

Ricardo Pimentel Seara defende que o reforço desta empresa "sugere que os accionistas que apoiaram o ‘management’ na defesa contra a OPA da Sonaecom deverão manter as suas posições ou até reforçar". "Em conjunto com o anunciado programa de recompra de acções próprias, este reforço deverá dar suporte às acções da empresa", acrescenta o analista.

O BPI reitera assim a recomendação de "manter" e o preço-alvo de 9,95 euros.

As acções da PT seguem a desvalorizar 0,305 para os 9,92 euros.

Outras Notícias