Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Registo de carros novos na UE em mínimos de quase três décadas

Com 886,510 veículos novos registados, o mês de junho marcou o registo mais baixo de novos carros desde 1996.

A produção automóvel nacional está bem encaminhada para superar os 300 mil veículos este ano.
João Cortesão
Sílvia Abreu silviaabreu@negocios.pt 15 de Julho de 2022 às 10:07
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

Os registos de carros novos mantiveram a tendência de decréscimo no mês de junho. Face ao mesmo período de 2021, o registo de novas viaturas caiu 15,4%, numa altura em que os problemas nas cadeias de fornecimento continuam a limitar a produção de veículos.

No mês passado foram registados 886.510 veículos, sendo o valor mais baixo no período em causa desde 1996. Os quatros maiores mercados europeus - Alemanha, Itália, França e Espanha – registaram declínios: 18,1%, 15%, 14,2% e 7,8%, respetivamente.

Já na primeira metade do ano – janeiro a junho – o registo de novos carros na União Europeia diminuiu 14% face a 2021, para um total de 4,6 milhões registos.

Dos quatro principais mercados, o italiano foi aquele que, no aglomerado dos seis meses, registou a maior quebra (-22%). Segue-se França (-16,3%), Alemanha (- 11%) e, por fim, Espanha (-10,7%).

A Volkswagen foi a fabricante de automóveis com a queda mais acentuada (-24%).

Aos problemas nas cadeias de fornecimento, soma-se o elevado custo da energia, que estão a contribuir para um aumento do preço final. Numa atualização no início deste mês, a LMC Automotive disse que "a indústria não vai conseguir superar o constrangimento nos fornecimentos num período breve".



Ver comentários
Saber mais Espanha UE Alemanha França automóveis mercado
Outras Notícias