Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Terminal XXI de Sines recebe investimento de 547 milhões após acordo para expansão

A terceira fase da expansão do porto de Sines ficou fechada esta quarta-feira. O investimento será integralmente suportado pelo atual concessionário, a PSA Sines.

Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 18 de Julho de 2019 às 13:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O acordo para a terceira fase de expansão do Terminal XXI no Porto de Sines foi assinado esta quarta-feira, e prevê um investimento privado de 547 milhões de euros.

O investimento vai ficar a cargo do atual concessionário, a PSA Sines, e prolongar-se-á durante o prazo do contrato de concessão. Anteriormente, o valor divulgado não ultrapassava os 300 milhões de euros. 

O acordo contempla a expansão do cais de acostagem e respetivos equipamentos de movimentação mas também a manutenção, substituição e renovação de equipamentos já instalados nas fases anteriores, informa o ministério do Mar em comunicado.

A frente do cais passará a estender-se por 1.950 metros, o suficiente para suportar a atracação simultânea de quatro navios porta-contentores. A área de armazenagem passará dos atuais 42 hectares para 60 hectares, permitindo aumentar a capacidade instalada para quase o dobro.

Este investimento "virá reforçar a criação emprego" e o desenvolvimento da região, assinala a tutela. O Terminal XXI é atualmente o maior empregador da região, com mais de mil postos de trabalho.

Além disto, o ministério afirma que a expansão torna o Porto de Sines "um dos principais portos de nível mundial", sobretudo no segmento da carga contentorizada, ganhando assim capacidade para atrair novos clientes.

O acordo encontrava-se até agora em suspenso pois dependia do entendimento entre a PSA e os trabalhadores. A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, garantiu que o projeto não avançaria sem estar assegurada esta condição.

Ver comentários
Saber mais Porto de Sines Terminal economia negócios e finanças Sines transportes portos transporte marítimo e fluvial psa Ana Paula Vitorino
Mais lidas
Outras Notícias