Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Veja o novo vídeo de Portugal para captar investimento estrangeiro

A mais recente campanha de promoção externa da AICEP tem a assinatura “Portugal is Open for Business”, mostrando que “apesar dos efeitos óbvios da pandemia, os principais fatores competitivos mantêm-se”, como talento e inovação.

Bruno Colaço
António Larguesa alarguesa@negocios.pt 18 de Dezembro de 2020 às 16:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 10
  • ...

"Portugal is Open for Business". A disponibilidade da economia portuguesa para a atração de investimento estrangeiro é o o mote do novo vídeo de promoção do país, que acaba de ser lançado pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

 

Numa nota enviada à imprensa, a agência pública salienta que "num ano difícil para todos, e especialmente desafiante para as empresas portuguesas, é preciso dizer que a indústria não parou, adaptou-se e mostrou a sua capacidade de resiliência e reinvenção".

 

Este é a segunda iniciativa propagandística lançada durante a pandemia pelo Governo liderado por António Costa, em articulação com a AICEP. No final de março, logo no início desta crise sanitária, publicou outro vídeo para tentar mostrar nos mercados externos o que de melhor se faz em Portugal.

 

Nesta nova iniciativa promocional, concretizada em língua inglesa, a entidade liderada por Luís Castro Henriques pretende mostrar que "apesar dos efeitos óbvios da pandemia na economia mundial e no país, os principais fatores competitivos de Portugal - como o talento – mantêm-se". Inovação e oportunidades são os outros vetores em que aposta.

 

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, já disse que vai ser lançada também uma nova campanha de promoção turística "particularmente destinada àqueles mercados onde os programas de vacinação vão começar mais intensamente, e onde podemos ter mais vantagem em apostar". "Claramente o inglês, mas também o alemão, onde temos uma baixa quota de mercado e achamos que podemos crescer bastante", concretizou.

 

Numa entrevista à RTP, difundida esta quarta-feira, 16 de dezembro, o governante notou que existe uma "procura reprimida de pessoas que não viajam porque não podem e que, no primeiro momento em que o puderem fazer, vão escolher Portugal", dando o exemplo do que aconteceu em agosto com a abertura do corredor turístico britânico.

Ver comentários
Saber mais aicep pandemia covid-19 investimento exportações indústria
Outras Notícias