Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

AdC reitera ter "muitas reservas" sobre preços de referência nos combustíveis

O presidente da Autoridade da Concorrência, António Ferreira Gomes, reafirmou esta quarta-feira no Parlamento as suas dúvidas sobre a vantagem de haver em Portugal preços de referência para os combustíveis. "Temos muitas reservas relativamente ao preço de referência", declarou.

Miguel Baltazar/Negócios
Miguel Prado miguelprado@negocios.pt 11 de Fevereiro de 2015 às 12:28
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

"A AdC não é por natureza favorável a preços de referência porque podem funcionar ao contrário do objectivo", comentou António Ferreira Gomes.

 

O mesmo responsável entende que a possibilidade de haver um preço de referência de âmbito nacional não ajuda o mercado a tirar partido da concorrência de preços ao nível geográfico, com algumas localizações a terem preços mais competitivos que outras.

 

"Termos um preço de referência único para todo o país pode obliterar o objectivo de ter mais concorrência", observou o presidente da AdC.

 

Ainda assim, Ferreira Gomes escusou-se a apontar alternativas à metodologia seguida actualmente pela Entidade Nacional para o Mercado dos Combustíveis. "Não darei aqui lições à ENMC sobre como construir os preços de referência", afirmou o presidente da AdC.

Ver comentários
Saber mais António Ferreira Gomes Ferreira Gomes Autoridade da Concorrência AdC combustíveis
Outras Notícias