Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CTG compra ações sobrantes no aumento de capital da EDP e reforça para 21,55%

A China Three Gorges (CTG), maior acionista da EDP, optou pela aquisição de ações sobrantes, no contexto do aumento de capital da elétrica, em rateio, reforçando a sua posição para 21,55%, de acordo com um comunicado ao mercado.

A Brand Finance fechou o ranking das 25 marcas mais valiosas em janeiro, mas a pandemia de covid-19 veio baralhar as contas, ainda que a EDP se mantenha como a mais valiosa.
Miguel Baltazar
Lusa 12 de Agosto de 2020 às 20:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
"No contexto do aumento de capital pelo qual é conferido aos acionistas direitos de subscrição, o membro do Conselho de Geral de Supervisão China Three Gorges (Europe), S.A. (CTGE) informou a EDP que optou pela aquisição de ações sobrantes em rateio ('oversubscription')", de acordo com a mesma nota, enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Assim, a CTGE comunicou, na qualidade de membro do Conselho Geral e de Supervisão da EDP "ter exercido direito de subscrição de um volume de 3.030.303 ações equivalentes ao percentual do capital social da EDP a que a CTGE, como acionista, manifestou interesse em adquirir em virtude do residual de ações disponíveis ('oversubscription') oriundo da operação de aumento de capital da companhia", referiu o grupo em comunicado.

Segundo a EDP, "a subscrição das ações resulta de transação realizada fora de mercado em 2020/08/11 e unicamente sujeita aos mecanismos de liquidação física e financeira aplicáveis, tendo as ações sido vendidas pelo preço unitário de 3,30 euros por ação", de acordo com a mesma nota. A empresa terá gastado assim perto de 10 milhões de euros.

"Considerando que a signatária era titular, em momento anterior ao da transação, de 851.706.138 ações representativas de 21,47% do capital social da EDP, após a transação passou a deter 854.736.441 ações, mantendo o percentual representativo de 21,55% do capital social da EDP", lê-se na mesma nota.

A EDP recordou ainda que "sendo a mesma entidade uma subsidiária integralmente detida pela China Three Gorges Corporation (CTG), empresa estatal da República Popular da China, passam a ser imputáveis à CTG a totalidade dos direitos de voto relativos às referidas 854.736.441 ações".

Em 07 de agosto, a EDP anunciou que o aumento de capital, realizado no âmbito da compra da espanhola Viesgo, foi totalmente subscrito, com uma procura de 256% face à oferta.

A EDP "torna público que foi totalmente subscrito o aumento de capital social" de 3.656.537.715 euros para 3.965.681.012 euros, "compreendendo a emissão de 309.143.297 ações ordinárias, escriturais e nominativas, com o valor nominal de 1,00 euro cada, ao preço de subscrição unitário de 3,30 euros com um ágio [juro] de 2,30 euros por nova ação", pode ler-se no comunicado enviado pela EDP à CMVM.

No mesmo documento, a elétrica portuguesa assinala que "no exercício de direitos de subscrição foram objeto de subscrição proporcional 289.872.956 novas ações, representativas de cerca de 93,8% do total de novas ações a emitir".

 

Ver comentários
Saber mais CTG EDP aumento de capital china three gorges
Mais lidas
Outras Notícias