Energia EDP investe 7 milhões em rede de carregamento elétrica no Brasil

EDP investe 7 milhões em rede de carregamento elétrica no Brasil

Uma parceria entre a energética portuguesa, a Audi, a Porsche e a Volkswagen vai investir numa rede de 2.500 km e com 64 pontos de carregamento que vai ligar algumas das maiores cidades brasileiras.
EDP investe 7 milhões em rede de carregamento elétrica no Brasil
DR
Negócios 22 de outubro de 2019 às 18:27

A EDP-Energias de Portugal e três marcas de automóveis (Audi, Porsche e Volkswagen) investiram 7,1 milhões de euros (32,9 milhões de reais) numa extensa rede de postos de carregamento para veículos elétricos que vai ligar São Paulo, Rio de janeiro, Vitória, Curitiba e Florianópolis, segundo um comunicado da EDP.

 

"Com o objetivo de incentivar a transição energética do Brasil e de promover soluções de mobilidade baseadas em fontes não poluentes, a EDP, empresa que atua em toda a cadeia de valor do setor elétrico, anuncia a instalação de 30 novas estações de recarga ultra rápida de veículos elétricos cobrindo todo o estado de São Paulo", disse a empresa liderada por António Mexia.

 

Adiantou que "as marcas Audi, Porsche e Volkswagen serão parceiras da EDP neste projeto, realizando os testes com os seus veículos para homologação da infraestrutura", e que "as empresas ABB, Electric Mobility Brasil e Siemens serão as fornecedoras das soluções de carregamento".

 

Este será o primeiro projeto da América do Sul de instalação de carregadores ultra rápidos - de 150kW e 350kW. A implementação da rede será iniciada em 2019 e as primeiras inaugurações estão programadas para 2020, com a conclusão em até três anos.

Miguel Setas, presidente da EDP no Brasil, afirmou que "com a criação desta nova rede de postos elétricos cobrindo todo o estado de São Paulo e conectando os principais corredores elétricos do País, a EDP se posiciona mais uma vez de forma pioneira para liderar a transição para uma economia de baixo carbono".

A execução deste projeto significa que a EDP passará a liderar este segmento de mercado no Brasil. Os postos de carregamento serão capazes de reabastecer 80% da bateria de um carro entre 25 e 30 minutos. Ao todo, serão 29 postos de 150kW e um posto de 350 kW, e mais 30 equipamentos de 22kW.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI