Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Galp vai investir quase tanto em renováveis como em fósseis até 2025

Na exploração e produção, estão incorporados, maioritariamente, projetos já sancionados.

O britânico Andy Brown trabalhou mais de 15 anos na Shell. Vai assumir a função de presidente executivo da Galp a partir de 19 de fevereiro.
Jiri Buller
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 02 de Junho de 2021 às 10:04
  • Partilhar artigo
  • ...
A Galp vai investir entre 800 milhões e mil milhões a cada ano entre 2021 e 2025, e quer que 30% desta quantia seja dedicada às energias renováveis, enquanto dirige 40% do bolo de investimento ao crescimento da exploração e produção de petróleo e gás natural. 

Nas renováveis, a Galp quer "desenvolver e maximizar" os retornos dos projetos e expandir o portefólio, "diversificando geografias e tecnologias", uma altura em que já é "um dos principais players" do solar, explica a petrolífera. O objetivo é atingir uma capacidade bruta de geração de energia renovável em operação superior a 4 GW até 2025 e de cerca de 12 GW até 2030, dos quais a Galp espera manter uma participação em torno dos 50%. A expetativa é que este negócio  se torne free cash flow positivo antes de 2030, atingido um cash flow operacional de 100 milhões em 2025 e até 300 milhões em 2030.

Na exploração e produção, estão incorporados, maioritariamente, projetos já sancionados, explica a Galp. "Um plano de investimentos focado no desenvolvimento de projetos que se esperam com retornos elevados, suportado por potenciais iniciativas de gestão de portefólio", escreve a petrolífera. A empresa conta ter um cash flow operacional ajustado entre 1,1 mil milhões e 1,3 mil milhões de euros por ano no período de 2021 a 2024, aumentando para mais de 1,4 mil milhões em 2025.

A Galp espera, desta forma, investir menos cerca de 20% entre 2021 e 2025 do que no período anterior. O objetivo é manter um rácio de dívida líquida para EBITDA de cerca de 1,0x.
Ver comentários
Saber mais Galp economia negócios e finanças energia Informação sobre empresas economia (geral) indústria e produtos químicos
Outras Notícias