Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Gasolina sobe pela sétima semana para máximos de novembro

O preço da gasolina simples vai voltar a subir, aproximando-se de 1,5 euros por litro. O preço do gasóleo deve ficar estável.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 22 de Março de 2019 às 10:45
  • Partilhar artigo
  • 9
  • ...
A gasolina simples vai voltar a ficar mais cara a partir da próxima segunda-feira nos postos de abastecimento em Portugal. O aumento será de 2 cêntimos, o que colocará o preço do combustível no valor mais elevado desde novembro e mais perto de regressar a valores acima dos 1,50 euros. Já o gasóleo deverá ficar estável.

A evolução dos combustíveis cotados vai ditar a sétima semana de aumentos no preço da gasolina. Desde o início do ano a gasolina já aumentou 8%, apesar do alívio fiscal registado no início de 2019, com a eliminação do imposto adicional, que retirou 3 cêntimos por litro no preço deste combustível.  

 

A confirmar-se a subida de 2 cêntimos, o preço da gasolina simples de 95 octanas aumentará para um preço médio de 1,491 euros, o que representa um máximo desde a semana de 19 de novembro, altura em que este combustível foi vendido em Portugal a um preço médio acima de 1,50 euros.

 

No caso do gasóleo simples, segundo fonte do setor, o preço deverá ficar estável, tal como aconteceu nas duas últimas semanas, quando foi vendido a um preço médio de 1,393 euros por litro. Desde o início do ano o gasóleo já aumentou 10%.

No caso da gasolina, a subida dos preços em Portugal resulta quase em exclusivo das variações registadas esta sexta-feira. Nos restantes dias da semana a matéria-prima e o euro registaram oscilações ligeiras, mas hoje a gasolina está em forte alta nos mercados e o euro está a perder contra a moeda norte-americana.

 

   

 

A evolução dos preços dos combustíveis é calculada pelo Negócios, tendo por base a evolução dos derivados do petróleo (gasóleo e gasolina) e do euro. Ainda assim, a evolução dos custos dependerá de cada posto de abastecimento, da marca e da zona onde se encontra.


Os cálculos do Negócios têm por base contratos diferentes dos seguidos pelas petrolíferas (ainda que a evolução costume ser semelhante), sendo que os dados disponíveis para o Negócios só estão disponíveis até quinta-feira (faltando um dia de negociação).

Ver comentários
Saber mais combustíveis gasóleo gasolina
Outras Notícias