Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Já 18 mil consumidores de gás pediram para passar ao mercado regulado

Nas últimas duas semanas, desde que o diploma do Governo entrou em vigor, houve 18 mil clientes de gás natural que pediram para passar ao mercado regulado. Destes, cerca de 12 mil já assinou contrato.

Com os preços do gás a subir, pode esperar-se uma fuga dos consumidores para as tarifas reguladas.
Nigel Roddis/Reuters
Negócios jng@negocios.pt 23 de Setembro de 2022 às 08:40
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

Nas duas últimas semanas, cerca de 18 mil consumidores de gás natural pediram a adesão ao mercado regulado. Destes cerca de 12 mil já assinaram novo contrato e os pedidos dos restantes seis mil consumidores estão a ser analisados, avança esta sexta-feira o Público, com base nos números da Adene.  


Este número de pedidos de adesão às tarifas reguladas ainda está muito longe do universo total de 1,3 milhões de clientes que o podem fazer, através do diploma do Governo que entrou em vigor desde 7 de setembro. Ainda assim, caso estes pedidos de adesão sejam todos aprovados, o mercado regulado do gás natural aumenta em mais de 8%.


O diploma do Governo passa por levantar de forma excecional as restrições legais de acesso às tarifas reguladas, para dar resposta ao aumento acentuado dos preços da energia. Nesta medida estão incluídos todos os clientes com consumos anuais iguais ou inferiores a 10 mil  metros cúbicos, que a partir de 1 de outubro podem passar ao mercado regulado por um período máximo de um ano.


A Adene diz ao Público que "durante os próximos meses, e com o aumento de capacidade dos comercializadores de último recurso em contratar clientes, é expectável que a dimensão do mercado regulado aumente de forma significativa. É difícil antever a dimensão, já que clientes com pouco consumo poderão não sentir necessidade de mudar para o mercado regulado e, potencialmente, perder benefícios de contratação de serviço dual".

Ver comentários
Saber mais gás natural mercado regulado tarifa preços
Outras Notícias