Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Arrancam as pré-vendas de apartamentos de empreendimento da Mexto nos Olivais

O projeto O'Living contempla 86 apartamentos com preços a começar nos 240 mil euros. O empreendimento da suíça Mexto ainda não iniciou as obras e deverá estar concluído em 2023.

Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 15 de Setembro de 2020 às 18:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

A Mexto iniciou a pré-venda do seu novo projeto residencial situado nos Olivais, em Lisboa. O O' Living é o primeiro empreendimento destinado à classe média da imobiliária suíça especializada no segmento de luxo, que investiu mais de 30 milhões de euros.

Este empreendimento contará com 86 apartamentos, com tipologias que vão de T1 a T3 Duplex, e tem como público alvo as famílias portuguesas de rendimentos médios.

Os apartamentos mais baratos custam 240 mil euros nesta fase de pré-venda.

Com uma área total de construção de 18.200 metros quadrados (m2), dos quais 12.300m2 acima do solo e 5.900 m2 abaixo do solo, o espaço de construção superior divide-se em 11,370 m2 para habitação e 930 m2 para comércio.

Os dois edifícios situam-se na Rua Carlos George, nos Olivais, e os apartamentos T1 têm áreas entre os 64 e os 69 m2, enquanto os T2 variam entre 96 e 98 m2 e os T3 entre os 126 e os 134 m2. Os T3 Duplex apresentam áreas de 156 a 175 m2, sendo que a maior parte dos apartamentes têm varandas e as penthouses contam com terraços privativos na cobertura. 

O projeto é da autoria do Atelier Saraiva e Associados.

O empreendimento inclui garagens com espaço para 128 veículos e um bicicletário, estando prevista ainda a criação de 188 lugares de estacionamento público para residentes.


O O’Living "aguarda ainda formalização de aceitação da comunicação prévia por parte da Câmara de Lisboa, estimando-se que a obra possa arrancar ainda este ano, com duração estimada de cerca de dois anos".

Após três anos a investir em Portugal apenas no segmento de luxo, com um valor total de aproximadamente 200 milhões de euros, a Mexto optou por avançar para um novo tipo de projeto, mais vocacionado para a classe média nacional.

Um portefólio de luxo

Entre os projetos já desenvolvidos ou em curso em Portugal, a imobiliária helvética conta, por exemplo, com o Avencas Ocean View Residences, em Carcavelos. Este edifício com nove apartamentos apresenta preços que oscilam entre os 1,4 milhões de euros para um T2 de 170 m2 e os 2,5 milhões para um T4 duplex com 342 m2.

A Mexto tem ainda o empreendimento Prior do Crato, em Alcântara, o Ajuda Garden Residences, o Maison Eduardo Coelho, no Príncipe Real, o São Gens Townhouse, no Castelo de São Jorge, ou a Rodrigo da Fonseca Prime Residences, onde um T3 de 140 m2 custa 1,35 milhões de euros.

Ver comentários
Saber mais O’Living Mexto Olivais Lisboa apartamentos classe média
Mais lidas
Outras Notícias