Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fundo do Santander coloca no mercado antiga sede da SIC

A antiga sede da SIC está disponível para compra ou arrendamento embora não tenham sido adiantados valores. Ao todo, são mais de 6.000 metros quadrados com espaço para escritórios e comércio.

João Ruas Marques 08 de Junho de 2021 às 15:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Santander Asset Management está à procura de arrendar ou vender as antigas instalações da SIC no número 119 da Estrada da Outorela, em Carnaxide. O negócio vai ser mediado pelo departamento de Leasing Markets Advisory da JLL que não adianta, para já, valores de referência.

Com cerca de 7.080 metros quadrados distribuídos em quatro pisos, o imóvel encontra-se em estado devoluto. O piso térreo é composto por dois corpos distintos e conta com 4.140 metros quadrados otimizados para serviços e comércio, enquanto os pisos um e dois têm cerca de 950 metros quadrados destinados a escritórios. Já o piso -1 soma 1.020 metros quadrados e existe ainda um parque exterior com capacidade para 115 viaturas.

Segundo a diretora daquele departamento da JLL, Mariana Rosa, "este edifício é ideal para conjugar uma sede corporativa na área de escritórios, com uma ocupação no retalho para lojas de média dimensão na área anteriormente dedicada aos estúdios. Beneficia de um amplo logradouro com estacionamento, que é um fator muito interessante quer para as empresas que procuram escritórios quer para os retalhistas, além de estar a pouco minutos de Lisboa, num eixo de grande movimento e com ótimos acessos".

São algumas das características que fazem deste imóvel "um produto com grande potencial para atrair os grandes ocupantes das áreas farmacêutica e tecnológica, que lidam com falta de produto disponível nesta zona, em especial os que permitem conjugar ocupação de escritório e armazém".

Para além disso, e graças às caraterísticas do piso térreo, "os operadores de supermercado, ginásios ou de retalho de conveniência também poderão encontrar aqui uma excelente oportunidade numa zona onde a oferta de espaços comerciais com mais de 1.000 m2 é reduzida, especialmente os que agregam toda a área num só piso. E pode também ser um imóvel atrativo para a área da saúde, podendo se transformar num hospital ou clínica".

Ver comentários
Saber mais imobiliário Portugal arrendamento compra imóveis empresariais
Outras Notícias