Imobiliário Há mais uma SIGI em Portugal: Atom vai abrir três hotéis  

Há mais uma SIGI em Portugal: Atom vai abrir três hotéis  

A Atom pretende reforçar em zonas urbanas, numa altura em que o respetivo portefólio conta com 64% de ativos dedicados ao turismo de lazer, e apenas 36% se localiza em áreas urbanas.
Há mais uma SIGI em Portugal: Atom vai abrir três hotéis   
DR
Negócios 11 de fevereiro de 2020 às 10:47

A Atom, um fundo imobiliário espanhol, vai entrar em Portugal. Quer abrir três hotéis em 2020, avança a publicação EjePrime.  

 

O objetivo da Atom é diversificar a sua carteira para lá do território espanhol, onde manterá o foco. Contudo, o plano é adquirir hotéis em capitais e outras cidades turísticas em países europeus que apresentem segurança jurídica, de acordo com o gestor da empresa, Victor Martí.

 

Este fundo imobiliário pretende reforçar em zonas urbanas, numa altura em que o respetivo portefólio conta com 64% de ativos dedicados ao turismo de lazer, e apenas 36% se localiza em áreas urbanas.

Atualmente, de acordo com a informação disponível no site da empresa, o valor da carteira de ativos da Atom é de 500 milhões de euros, o que inclui 28 ativos que se desdobram em 6.545 quartos. Os principais acionistas da Atom são o Bankinter, com uma fatia de 7%, e a sociedade de investimento imobiliário GMA, com 4% do capital. Os restantes 89% pertencem a mais de 600 investidores da banca privada.

 

A Atom tem o estatuto de SOCIMI - Sociedades Anónimas Cotizadas de Inversión Inmobiliaria, equivalente aos ingleses REIT - Real Estate Investment Trust, um regime que concede benefícios fiscais a este tipo de empresas e que em Portugal foi arquitetado com a designação SIGI – Sociedade de Investimento e Gestão Imobiliária. 
 

Mas a aposta da Atom em Portugal não é a primeira da parte de uma SOCIMI vizinha: a conterrânea Merlin Properties detém 10% dos seus ativos em Portugal.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI