Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rendas em Lisboa com maior queda da última década

As rendas de habitação na capital portuguesa registaram a maior quebra homóloga da última década no terceiro trimestre. No Porto, contudo, as rendas continuam a subir, apesar de a um ritmo menor.

Miguel Baltazar/Negócios
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 15 de Outubro de 2020 às 14:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
As rendas de habitação em Lisboa registaram uma quebra homóloga de 11,1% no terceiro trimestre, o que representa a maior descida desde pelo menos 2010, data em que o índice começou a ser calaculado, indica esta quinta-feira a Confidencial Imobiliário. No Porto, contudo, as rendas continuam a subir, apesar de se registar uma desaceleração.

As rendas na capital portuguesa cederam 3,9% em comparação com o trimestre anterior, somando a terceira descida em cadeia consecutiva. No primeiro trimestre deste ano as rendas em Lisboa apresentaram a primeira quebra homóloga em quatro anos.

A situação no Porto, contudo, é bem diferente. Na Invicta, as rendas aumentaram 1,7% no terceiro trimestre, em relação ao mesmo período de 2019, uma "travagem muito expressiva" face aos 6,5% observados no segundo trimestre.

Já face ao segundo trimestre, as rendas no Porto recuaram 2,2%, naquela que é a primeira descida em cinco anos.

No total do país, as rendas aumentaram 2,2% no terceiro trimestre face ao período homólogo, ligeiramente abaixo dos 2,4% observados no trimestre anterior. No primeiro trimestre, contudo, a subida ainda havia sido de 8,2%.

Face aos três meses anteriores, no entanto, as rendas desceram uns ligeiros 0,1%.

Ver comentários
Saber mais Lisboa Confidencial Imobiliário Porto imobiliário rendas habitação arrendamento
Mais lidas
Outras Notícias