Imobiliário Sonae Capital já vendeu quase todos os apartamentos em Tróia

Sonae Capital já vendeu quase todos os apartamentos em Tróia

A Sonae Capital está mais perto de concluir a venda do conjunto de apartamentos que detém em Tróia. Sobram três, após a venda de 357 destes ativos.
Sonae Capital já vendeu quase todos os apartamentos em Tróia
DR
Ana Batalha Oliveira 26 de agosto de 2019 às 14:30

A Sonae Capital concluiu a comercialização de 357 apartamentos turísticos em Tróia, de um total de 360 que estavam à venda. Estes imóveis estavam à venda desde 2006.

 

A oferta dos empreendimentos Marina, Praia Atlântico e Praia Arrábida está agora esgotada. Ficam por vender duas unidades do empreendimento Praia Sado e um apartamento do edifício Ácala, divulgou a empresa, esta segunda-feira, 26 de agosto, através de um comunicado.

 

Concluídas estas vendas, metade das propriedades da Sonae Capital em Tróia passaram para as mãos de portugueses, tendo os restantes sido adquiridos por cidadãos estrangeiros. Entre os compradores, de 33 nacionalidades diferentes, destacam-se os oriundos de Espanha, França, Inglaterra e Alemanha.

 

Os apartamentos em causa estão mobilados, equipados e prontos a habitar, e incluem serviços como vigilância 24 horas por dia, serviço de limpeza, manutenção de piscinas e jardins e zonas comuns, posto médico e concierge, assim como estacionamento privativo.

 

Para além dos apartamentos turísticos, a Sonae Capital detém ainda, com o objetivo de comercialização, o empreendimento Ocean Village, com 43 moradias, e as Atlantic Villas, dentro das quais restam 25 lotes para venda, com áreas que podem chegar até aos 2.400 metros quadrados e projetos já desenhados.

 

"A região é atrativa quer para investimentos imobiliários, como para quem quer adquirir casa própria ou segunda habitação, sendo o sucesso das vendas de Real Estate notório", considera Sónia Fragoso, responsável pelas vendas de ativos imobiliários na Sonae Capital.

Nos resultados semestrais apresentados pela Sonae Capital no passado dia 26 de julho, a empresa registou um volume de negócios de 8,9 milhões de euros relativo ao segmento Tróia Resort, no qual estão incluídas as unidades turísticas residenciais e lotes para construção na Península de Tróia.

Em junho do ano passado, foi celebrado com os franceses da Lagune um contrato de promessa de compra e venda da Unidade Operacional 3 (UNOP 3), uma parcela em Tróia, no valor de 20 milhões de euros. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI