Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cofina acusa dona da TVI de "inusitada agressividade e descontrolo"

A Cofina, liderada por Paulo Fernandes, refere que continua interessada na compra da dona da TVI e sublinha que a Entidade Reguladora para a Comunicação Social é "insuscetível de influências".

Duarte Roriz/Correio da Manhã
Negócios com Lusa 22 de Julho de 2020 às 20:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Cofina -que detém a CMTV e publicações como o Jornal de Negócios, Correio da Manhã, Record e Sábado - mantém o interesse na compra da maioria do capital da Media Capital e considera que o regulador dos media, ERC, "é insuscetível de influências", disse à Lusa fonte oficial, na sequência da posição da dona da TVI.

 

"Tendo em conta recentes declarações públicas sobre uma pretensa influência da Cofina junto" do regulador dos media, "a Cofina relembra que, nos termos da Lei, a ERC é uma entidade independente por natureza, dotada de amplos poderes de atuação oficiosa (sem necessidade de qualquer impulso de terceiros), e insuscetível de influências no exercício das respetivas competências e atribuições, cujo progresso e eventual desfecho estarão sempre na exclusiva esfera desta", disse fonte oficial do grupo.


"A Cofina estranha a inusitada agressividade da Media Capital, com insinuações que são a qualquer título injustificáveis e reveladoras de um certo descontrolo", acrescentou.

Ver comentários
Saber mais ERC Cofina Media Capital TVI media
Mais lidas
Outras Notícias