Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tensai com 3% da dona da TVI e Tony Carreira com 1%

A holding IBG, que tinha indicado ter acordado com a Prisa a compra de 11,9725% do capital da dona da TVI, esclarece que a compra será efetivada através de uma sociedade veículo que conta com acionistas como a Tensai ou o cantor Tony Carreira.

Tiago Sousa Dias
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 17 de Setembro de 2020 às 21:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
Após ter comunicado ao mercado que tinha um acordo com a Prisa para a compra de uma participação de 11,9725% na dona da TVI, a holding IBG, com sede na Zona Franca da Madeira, detalha esta quinta-feira, em novo comunicado à CMVM, que a aquisição será realizada através da Biz Partners, uma sociedade veículo.

Assim, a IBG, cuja beneficiária efectiva é Isabel Maria Araújo Rodrigues de Sá, detém 16,706% da sociedade veículo, o que lhe confere o controlo de 2% da Media Capital. A IBG é acionista da Caravela Seguros, onde também Mário Ferreira, que em maio adquiriu 30% da Media Capital, detém uma participação.

Idêntica participação na Biz Partners tem a imobiliária Hiper Go, de Miguel Osório Araújo, e o Castro Group, do empresário do imobiliário Paulo Castro.

Já o cantor Tony Carreira, tem uma posição de 8,352% na sociedade veículo, e, assim, passará a deter 1% da dona da TVI. Igual participação tem a Pelican Score, de Bruno Albernaz, da Eventos Arena, e a Palpitevalor, imobiliária de Braga de Patrícia Cunha e Alberto Dantas de Oliveira.

A maior participação na sociedade veículo pertence à Tensai Indústria, com 25,0526%, o que lhe confere uma posição de 3% na Media Capital. O beneficiário efectivo é Manuel João Preto.

Em 4 de setembro, o grupo espanhol Prisa, que detém a Media Capital através da Vertix SGPS, anunciou a venda da totalidade da sua posição na dona da TVI a vários investidores, por 36,85 milhões de euros.

O grupo Triun, de Paulo Gaspar, filho do presidente da Lusiaves, contará com 20% da Media Capital, a sociedade Zenithodyssey, detida a 50% pela CIN, 18% pela Polopique e com o resto do capital divido por várias outras empresas, ficará com 16% da dona da TVI, e a Fitas e Essências, controlada por Stéphane Rodolphe Piccioto, da têxtil Confetil, adquiriu 3% da Media Capital.

Por sua vez, a entidade DoCasal Investimentos, da apresentadora e diretora de ficção e entretenimento da TVI, Cristina Ferreira, detém 2,5%.

Manuel Lemos de Ferreira Lemos, gestor ligado à área hospitalar, em Mirandela, adquiriu 2% do capital do grupo.

Estes investidores - que representam, mais de 60% - juntam-se ao empresário Mário Ferreira, dono da Douro Azul, que em maio comprou, através da Pluris Investments, 30,22% da Media Capital por 10,5 milhões de euros.
Ver comentários
Saber mais Mário Ferreira Biz Partners IBG Media Capital Prisa Tony Carreira tensai
Mais lidas
Outras Notícias