Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

China multa tecnológica Meituan em mais de 460 milhões

O regulador chinês para os mercados anunciou esta sexta-feira uma multa de 461 milhões de euros à tecnológica de entregas Meituan, resultante de uma investigação anti-monopólio.

Bloomberg
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 08 de Outubro de 2021 às 10:57
  • Partilhar artigo
  • ...

A investigação dos reguladores chineses à tecnológica Meituan culminou numa multa de 3,44 mil milhões de yuan, o equivalente a 461 milhões de euros. A multa foi anunciada esta sexta-feira pela State Administration for Market Regulation, a entidade chinesa responsável pela área da concorrência, que acusa a tecnológica de ter violado as regras anti-monopólio. 


Este valor é o equivalente a 3% das receitas da Meituan no ano passado, de acordo com o comunicado desta entidade, citado pela agência Bloomberg. Além desta multa, a entidade ordena também à empresa que devolva 1,29 mil milhões de yuan arrecadados através de acordos de exclusividade. 


A empresa liderada pelo multimilionário Wang Xing deverá também fazer alterações ao seu mecanismo de comissões, considera o regulador, e ainda garantir que os parceiros da área da restauração garantem melhores condições a quem faz entregas. 


A Meituan opera no mercado chinês através de entregas de produtos de parceiros locais, com destaque para a área da restauração. 


A empresa, que opera no mercado das entregas, já estava a ser investigada há alguns meses por esta entidade, desde que foi formalizada uma investigação em abril. Em reação a esta multa, a empresa indica que aceita este montante e que irá agir de acordo com as recomendações do regulador. 


As entidades chinesas têm apertado o cerco às tecnológicas do país nos últimos meses. Esta multa à Meituan já havia sido avançada pelo jornal Wall Street Journal, em agosto, ainda que com um valor significativamente maior. No início do ano, esta entidade aplicou também uma multa à Alibaba, com um valor recorde de 2,8 mil milhões de dólares. 

Ver comentários
Saber mais China Meituan
Outras Notícias