Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fintech Plum procura crowdfunding com planos para entrar em Portugal

A fintech britânica Plum vai recorrer a uma campanha de crowdfunding no final deste mês, com o intuito de triplicar a sua avaliação. A empresa tem também a ambição de se expandir para mais mercados na Europa, incluindo Portugal.

Equipa da fintech britânica Plum. DR
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 15 de Setembro de 2021 às 13:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A aplicação de finanças pessoais Plum, criada em 2017 no Reino Unido, lançou uma campanha de crowdfunding para tentar triplicar o valor de mercado. De acordo com a imprensa inglesa, a fintech quer arrancar com o projeto de financiamento colaborativo até ao final do mês, enquanto vai recorrer igualmente a investidores institucionais.

Até aqui, a Plum já conseguiu angariar 19,3 milhões de dólares (cerca de 16,32 milhões de euros), com a ronda de investimento mais recente datada de julho de 2020, com a participação de investidores como a Global Brain, a EBRD e a Venture Friends.

Ao mesmo tempo em que tenta convencer investidores de que é sustentável e aumenta a base de clientes, a empresa está a expandir para outros mercados. Este ano já entrou em países como França, Espanha e Irlanda, além de ter inaugurado novas instalações em Nicosia, Chipre.

E os planos apontam para uma contínua expansão para outros mercados na Europa ao longo do próximo ano, tendo Portugal, Itália, Países Baixos ou Bélgica entre as ambições.

Citado em comunicado, o co-fundador Victor Trokoudes indica que o "crowdfunding desempenhou uma parte central do sucesso da Plum" numa fase inicial. "Nessa altura, a Plum era um simples chatbot. Nos últimos anos temos validado o nosso modelo de negócio e concretizado a nossa visão para uma super app financeira. Agora estamos prontos para escalar", diz.

A Plum tem cerca de dois milhões de utilizadores. A aplicação permite aceder aos movimentos que faz através da conta bancária e, recorrendo à inteligência artificial, deixa algumas indicações sobre onde pode ser possível poupar e guarda automaticamente algum dinheiro. Além da parte de gestão do orçamento, a app permite também fazer alguns investimentos.
Ver comentários
Saber mais Plum fintech crowdfunding
Outras Notícias