Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Já há quem queira trazer o Spotify para Lisboa

Há um movimento que quer definir o sistema empreendedor em Lisboa. E que gostava de ver o Spotify em Lisboa. A ideia surge depois dos fundadores da plataforma terem admitido a possibilidade de sair da Suécia.

Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 16 de Abril de 2016 às 18:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Há dias os fundadores do Spotify, plataforma de música em streaming, criticaram a Suécia e admitiram sair do país. Daniel Ek e Martin Lorentzon revelaram no blogue da start-up, e que fez eco na imprensa mundial, que ponderam mudar a empresa para outro país. Sendo os Estados Unidos uma hipótese.

Os motivos apontados foram: os elevados preços do imobiliário, as dificuldades em dar opções sobre acções aos funcionários e a falta de incentivos nas escolas para ensinar programação aos mais novos, como refere o artigo do site Politico.

E foi precisamente esta notícia que levou um movimento que procura definir a essência do ecossistema empreendedor lisboeta, que se chama Define Lisboa, a reagir colocando no seu site e página do Facebook a seguinte mensagem: Lisboa é a próxima casa para o Spotify.

O Define Lisboa, de acordo com a informação na sua página, revela que depois de estarem fartos e cansados de que o ecossistema da capital portuguesa fosse comparado com Berlim ou com Silicon Valley, "decidimos procurar a essência do ecossistema empreendedor de Lisboa, através da co-criação". Reconhecem, no entanto, que "ainda não sabemos o que é, mas sabemos o que não é". Mas uma coisa garantem: "tudo pode ser criado em Lisboa".

 

A busca pela resposta vai durar ainda uns meses.

Ver comentários
Saber mais Spotify música streaming sede Lisboa Suécia
Mais lidas
Outras Notícias