Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

SpaceX despede trabalhadores que criticam Musk

Em pouco mais de um dia, Musk viu-se envolvido em mais duas polémicas: o despedimento dos trabalhadores da SpaceX que criticaram o seu comportamento e um processo de milhares de milhões por alegado esquema em pirâmide com a dogecoin.

Getty Images
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

A SpaceX decidiu na segunda-feira despedir os trabalhadores que participaram na escrita e distribuição de uma carta aberta a criticar o comportamento do CEO da empresa, Elon Musk, segundo avança o New York Times.

 

No email a que o diário norte-americano teve acesso pode ler-se que "vários funcionários envolvidos no processo foram despedidos". "Temos muito trabalho crítico a fazer e não há necessidade para este ativismo exagerado", acrescenta o email.

 

O referido email alega ainda que "a carta, as solicitações e o processo geral fizeram com que os empregados se sentissem desconfortáveis, intimidados e/ou zangados porque os pressionou a assinar algo que não refletia as suas opiniões".

 

Apadrinhamento à dogecoin vale processo de mais de 200 mil milhões a Musk

 

"Dogecoin to the moon", em português "dogecoin até à Lua" : a frase escrita por Elon Musk no Twitter no ano passado e que valeu à criptomoeda um disparo da sua cotação, tornou-se uma frase célebre no mercado das criptomoedas e o reflexo do apadrinhamento de Musk a esta criptomoeda que começou com uma paródia. Agora, o empresário sul-africano enfrenta um processo  de 258 mil milhões de dólares pelo apoio prestado a esta criptomoeda.

 

Keith Johnson, "um cidadão norte-americano alegadamente defraudado pelo ‘esquema Dogecoin’", como pode ler-se na petição inicial apresentada pelo próprio no Tribunal de Manhattan, processou o autodenominado "imperador de Marte", a Space X e a Tesla por considerar que as mesmas praticam atos de extorsão num esquema em pirâmide para aumentar a cotação da dogecoin.

 

No total, Keith Johnson pediu uma indemnização de 268 mil milhões de dólares por danos relacionados com o investimento em dogecoin, ato que aliás considera um jogo de azar não licenciado e por isso punido pelas leis dos EUA.

Depois de meses de ouro em 2021, a Dogecoin já perdeu 67% este ano, estando a negociar neste momento nos 0,05 dólares, longe do pico dos 0,74 dólares alcançado em 2021.






Ver comentários
Saber mais SpaceX Elon Musk New York Times Keith Johnson Dogecoin economia negócios e finanças política artes cultura e entretenimento economia (geral) Informação sobre empresas Internet
Outras Notícias