Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Facebook muda de nome. Agora é Meta

A mais popular rede social do mundo vai mudar de nome, anunciou esta quinta-feira Mark Zuckerberg.

Para o Saxo, nos últimos anos 'o Facebook passou de um centro de jovens para uma plataforma destinada aos 'boomers' (termo utilizado para os indivíduos nascidos logo após a II Guerra Mundial).

Segundo um estudo do próprio Facebook, os jovens agora passam mais dois a três anos da sua vida no TikTok do que no Instagram. O Snapchat continua a ser o meio preferido para comunicarem com os amigos.

Para o banco, o novo nome da rede social, Meta, funciona 'como os letreiros que estão presentes na zona frontal dos maços de tabaco'. Neste cenário, 'os investidores vão entender que os jovens se estão a desvincular do Facebook'.

Neste panorama, 'numa estratégia desesperada, a Meta tenta adquirir o Snapchat ou o TikTok enquanto aplica milhares de milhões de dólares num metaverso assustador que vigia mais do que nunca os utilizadores'.

Diante desta situação, o Facebook perde 30% do valor do mercado e o monopólio de Mark Zuckerberg é destruído.
Josh Edelson/AFP
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 28 de Outubro de 2021 às 19:34
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
O Facebook vai mudar de nome para Meta, anunciou esta quinta-feira o CEO e fundador da mais popular rede social do mundo.

A revelação foi feita por Mark Zuckerberg durante um evento, designado "Connect", da empresa.

A empresa anunciou outras novidades, nomeadamente que irá fazer acessórios de fitness a partir do próximo ano e que o popular jogo Grand Theft Auto San Andres está a ser desenvolvido para o Oculus, os capacetes de realidade virtual do Facebook. 

Foi ainda revelado que será criado um "marketplace"da Horizon, ambiente de imersão social em Realidade Virtual (VR), para bens virtuais.

Segundo o Facebook, "o metaverso será um espaço virtual 3D social onde se podem partilhar experiências imersivas com outras pessoas, mesmo quando não se pode estar pessoalmente junto  - e fazer coisas juntos que não poderia fazer no mundo físico".

 

"Estou orgulhoso do que construímos até agora, e estou entusiasmado com o que vem a seguir - à medida que avançamos além do que é possível, além das restrições dos ecrãs, além dos limites da distância e da física, e em direção a um futuro onde todos podem estar presentes uns com os outros, criar novas oportunidades e experimentar coisas novas. É um futuro que está além de qualquer empresa e que será feito por todos nós", afirmou Zuckerberg.

 
No que respeita à Realidade Virtual, a empresa destaca que esta é uma área que "está num ponto de inflexão liderado pelo lançamento da Quest 2".  "Os jogos estão a crescer, a Realidade Virtual está a tornar-se mais social, o condicionamento físico está a tornar-se um ponto forte e o Facebook está a desenvolver mais formas de usar a Realidade Virtual como um dispositivo de trabalho".

A empresa explicou ainda a escolha da nova designação. "A nova marca corporativa expressa para onde a empresa está a caminhar e o futuro que quer ajudar a construir", indica, detalhando que "escolheu "Meta" porque pode significar "além" e capta o compromisso com a construção de tecnologias sociais que nos levam além do que a conexão digital torna possível hoje".

Foi também revelado o novo logotipo e cor para a imagem de marca da empresa.


Ver comentários
Outras Notícias