Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Altice dispara mais de 50% em bolsa depois de o regulador francês mostrar abertura a fusões

O líder do regulador de telecomunicações francês, Sebastien Soriano, diz não se opor a fusões no sector, segundo o Le Monde. Os títulos da Altice disparam, com a perspectiva de a unidade francesa atrair ofertas.

Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 22 de Maio de 2018 às 14:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 16
  • ...
"A posição da Arcep (regulador francês) no que toca à consolidação é que não somos a favor mas também não somos contra", afirmou Sebastien Soriano ao Le Monde, citado pela Bloomberg.  A SFR, a unidade francesa da Altice que tem um nível de endividamento elevado, poderá atrair propostas.

Há dois anos, o regulador tinha-se mostrado contra eventuais movimentos de fusão. A disponibilidade surge após as quatro grandes empresas do sector terem cumprido com as exigências do regulador, tendo investido milhares de milhões de euros nas suas redes. "Uma vez que os operadores responderam ao nosso pedido [de investir na rede de telecomunicações], a mensagem de total oposição a fusões já não é relevante", reforçou Soriano. 

Em bolsa, os títulos da Altice, dona da Meo, reagiram com uma subida a pique de 53,14% para os 2,55 euros, um máximo de Novembro de 2017. A empresa segue agora com uma valorização de 44,02% para os 2,398 euros.

Também o Governo não se deverá opor a movimentos de fusão. De acordo com um alto dirigente, que a Bloomberg cita anonimamente, caso o comprador se comprometa a fazer investimentos sem prejuízo dos postos de trabalho, o Estado não será força de bloqueio. Ainda em Novembro de 2017, o governo francês dava o sinal contrário: o pedido de Drahi, o CEO da Altice, de um ambiente mais favorável à consolidação, terá sido rejeitado por um conselheiro de topo de Emmanuel Macron.

No último dia 16 de Abril, surgiram rumores de que a francesa Bouygues estaria a avaliar a possibilidade de adquirir a Altice France. Contudo, o interesse de consolidação é bem mais antigo. No início de 2016, a Orange e a Bouygues confirmaram estar em negociações para juntar forças. Mais tarde nesse ano, a Altice ofereceu 4 mil milhões em troca de activos da Bouygues. Estas manifestações de interesse foram sendo acompanhadas por pressões aos reguladores, que não cederam até agora.

As restantes operadoras de telecomunicações também estão a valorizar, embora mais timidamente. A Orange sobe 3,99% para os 14,865 euros, a Iliad 7,92% para os 142,40 euros e a Bouygues 4,29% para os 41,80 euros, encontrando-se todas a negociar ligeiramente abaixo destes picos.

De notar que a Altice abriu a sessão desta terça-feira a cotar nos 1,4995 dólares, preço que reflecte o ajuste técnico decorrente da separação das unidades americanas.

(Notícia actualizada às 15:08 com mais informação)
 
Ver comentários
Saber mais Arcep Le Monde SFR Altice mercados
Mais lidas
Outras Notícias