Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Associação de pequenos acionistas Maxyield pede pagamento de dividendos dos CTT

A associação de pequenos acionistas Maxyield pediu o pagamento de dividendos dos CTT aos detentores de títulos, depois de conhecidos os resultados dos primeiros nove meses deste ano do grupo, segundo um comunicado.

O acordo para as juntas de freguesia prestarem serviços postais vigora desde 2003.
Nuno Nascimento
Lusa 05 de Novembro de 2020 às 20:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...


"Neste contexto e face à manutenção pelo Conselho de Administração da 'guidance' [previsão] de resultados operacionais no montante de 30 milhões de euros para a totalidade do ano, é entendimento da direção da Maxyield que existe espaço e 'folga' financeira para distribuir os dividendos cuja proposta foi revertida na última assembleia-geral", indicou a entidade.

A Maxyield entende "que devem ser seguidas as boas práticas transmitidas ao mercado pela J. Martins e pela Navigator, que convocaram as suas assembleias-gerais para a última semana de novembro para aprovar o pagamento dos dividendos de 2020 que tinham sido revertidos".

Os CTT decidiram não distribuir dividendos, devido à crise gerada pela pandemia de covid-19.

A Maxyield conta com cerca de 25 associados, que são pequenos investidores em empresas cotadas.

Os lucros dos CTT caíram 81,1% nos primeiros nove meses deste ano, em termos homólogos, atingindo 4,3 milhões de euros, adiantou o grupo, em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), esta quarta-feira.

Este resultado, atribuível a detentores de capital, deveu-se entre outros fatores, à redução do EBIT (resultado antes de juros e impostos) que no mesmo período se fixou em 17,3 milhões de euros, uma redução de 49,6% face a igual período do ano passado.

Por sua vez, o EBITDA (resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização) caiu 21,3%, atingindo os 57,7 milhões de euros.

Já os rendimentos operacionais dos CTT fixaram-se em 534,3 milhões de euros, menos 1% do que em 2019, "penalizados pelo segundo trimestre deste ano, devido ao impacto da covid-19", indicou o grupo.

De acordo com os CTT, os rendimentos operacionais do segmento de correio atingiram 308,8 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2020, uma redução de 11,8% face a igual período de 2019, "devido fundamentalmente à queda dos rendimentos do correio transacional (-39,7 milhões de euros; -13,1%) e do correio publicitário (-3,6 milhões de euros; -21,6%), atenuada pelo crescimento dos rendimentos das soluções empresariais (+4,6 milhões de euros; +58,6%)".

 


 
Ver comentários
Saber mais Maxyield CTT pequenos acionistas dividendos
Outras Notícias