Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Citigroup passa a deter 2,8% do capital dos CTT

A instituição financeira passa a ser o quinto maior acionista do operador de serviço postal.

A empresa liderada por João Bento registou uma melhoria dos resultados líquidos de 35,8% em 2019.
Hugo Rainho
Negócios 04 de Janeiro de 2021 às 20:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Citigroup passou a deter um posição qualificada no capital dos CTT, superando a fasquia dos 2%, indicou esta segunda-feira o operador de serviço postal em comunicado enviado à CMVM.

A operação, realizada através de instrumentos financeiros, mais especificamente swaps, foi realizada a 1 de janeiro e viu o Citigroup passar a deter 2,8141% do capital da empresa.

Assim, o Citigroup passa a ser o quinto maior acionista dos CTT, atrás do grupo Manuel Champalimaud (13,2%), da Global Portfolio Investments (10,4%), da GreenWood Builders Fund (6,68%) e do Norges Bank (3,50%).

No comunicado é indicado que a declaração é feita por o Citigroup considerar que "após 31 de dezembro de 2020 já não cumpre os critérios para recorrer à isenção da carteira de negociação, na sequência da saída do Reino Unido da União Europeia e da conclusão do período de transição do Brexit".
Ver comentários
Saber mais Citigroup CTT
Outras Notícias