Telecomunicações Números portados no serviço fixo recuam com regresso ao operador de origem

Números portados no serviço fixo recuam com regresso ao operador de origem

O total de números portados no serviço telefónico fixo (STF) caiu em Março para 1,89 milhões, o que é explicado pelo regresso dos clientes ao operador de origem.
Números portados no serviço fixo recuam com regresso ao operador de origem
Bloomberg
Negócios 16 de abril de 2018 às 15:09

No final de Março, os números portados existentes no STF eram de 1.890.659, menos 1.226 (-0,1%) do que no mês anterior e menos 59.258 (-3%) do que um ano antes, revela esta segunda-feira, 16 de Abril, a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom).

Esta evolução é justificada pela Anacom com "a ocorrência de processos de retorno de números ao operador de origem".

No serviço telefónico móvel (STM), os números portados existentes ascendiam a 2.511.165, o que traduzia uma subida mensal de 0,7% e um incremento anual de 8,5%.

O número total de números portados existentes, que incluem o STF, o STM e outros serviços não geográficos, cifrava-se em 4.406.105, mais 0,4% face a Fevereiro e uma subida homóloga de 3,2%.

A portabilidade foi introduzida para o STF e outros serviços não geográficos desde 30 de Junho de 2001, enquanto no STM está disponível desde 1 de Janeiro de 2002.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
Saber mais e Alertas
pub