Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

TAP “congratula” decisão dos tripulantes de cancelarem greve

A greve dos tripulantes iria decorrer durante sete dias, a partir desta quarta feira. A companhia diz que a decisão dos tripulantes “conduz a uma nova etapa na vida” da TAP que acredita chegar a um consenso para um novo Acordo de Empresa “na busca de um equilíbrio que permita cumprir os termos do plano de reestruturação".

A CEO da TAP Christine Ourmières Widener na Comissão de Economia em janeiro de 2023.
José Sena Goulão/Lusa
Ana Petronilho anapetronilho@negocios.pt 23 de Janeiro de 2023 às 18:26

A TAP "congratula" a decisão dos tripulantes que cancelaram a greve prevista para sete dias, a arrancar esta quarta-feira.


Desta forma, diz a companhia em comunicado, a TAP mantém toda a operação prevista e vai cumprir "todas as expectativas criadas aos passageiros".


Para a transportadora, esta decisão "conduz a uma nova etapa na vida" da TAP que acredita chegar a um consenso para um novo Acordo de Empresa "na busca de um equilíbrio que permita cumprir os termos do plano de reestruturação", lê-se ainda na missiva.  


Com o cancelamento do protesto ficam ainda "assegurados os interesses de todos os envolvidos, na prossecução do caminho que nos conduzirá à necessária estabilidade, sustentabilidade e crescimento da empresa", refere o comunicado.


A comissão executiva da TAP volta a frisar que se empenhou nas negociações com o Sindicato Nacional de Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC), que tinha agendado o protesto, para que a greve fosse travada e diz que vai manter "esta abertura e diálogo com todas as estruturas representantes dos trabalhadores".


Na semana passada, a TAP tinha avançado que a greve dos tripulantes de cabine durante os sete dias iria levar ao cancelamento de 1.316 voos, afetando 156 mil passageiros.


A paralisação, disse ainda a companhia, representaria um custo total direto estimado de 48 milhões de euros (29,3 milhões em receitas perdidas e 18,7 milhões em indemnizações aos passageiros), além de perdas de 20 milhões adicionais devido ao impacto potencial nas vendas para outros dias e à sub-optimização de outros voos, com passageiros reacomodados.

Ver comentários
Saber mais TAP transportes aviação
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio