Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Pandemia leva dona do Ibis a estudar fusão com InterContinental

A companhia francesa Accor está a analisar a potencial operação, mas ainda não avançou com uma proposta por considerar que esta não é ainda a melhor altura.

A Accor controla o Ibis e a Sofitel
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 20 de Agosto de 2020 às 10:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O grupo hoteleiro francês Accor está a analisar uma potencial fusão com o rival britânico InterContinental Hotels Group de modo a fazer face à forte quebra do setor devido à pandemia.

A notícia é avançada esta quinta-feia pelo jornal Le Figaro, que dá conta que o CEO da Accor criou um grupo de trabalho que junta administradores e assessores financeiros para estudar a operação que a avançar criará um mega grupo hoteleiro com base na Europa.

A Accor detém cerca de 5 mil hotéis em todo o mundo, sendo que entre as marcas estão várias com forte presença em Portugal, como a Ibis e a Sofitel. Já a InterContinental detém 6 mil unidades, com marcas como Holiday Inn e Crowne Plaza.

Segundo o jornal francês, a gestão da Accor é favorável à fusão, mas a companhia francesa entendeu que esta não é ainda a melhor altura para avançar com uma proposta à empresa britânica. O objetivo do fusão passaria sobretudo para ganhar sinergias e reduzir custos. 

O setor do turismo é um dos mais castigados com os efeitos das pandemia da covid-19, que reduziu de forma acentuada as viagens. Este cenário adverso reflete-se na evolução das companhias do setor, com as ações da Accor a afundarem 45% e as da InterContinental a descerem 23%. A empresa britânica (7,3 mil milhões de libras) tem um valor de mercado superior à da francesa (6 mil milhões de euros).

Ver comentários
Saber mais InterContinental Hotels Group Ibis InterContinental Accor hóteis turismo
Outras Notícias