Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Promotora investe 14 milhões para construir hotel de 5 estrelas na antiga colónia de férias da CUF em Colares

A antiga colónia de férias da CUF em Colares vai ser transformada num hotel de luxo num investimento de 14 milhões de euros. O projeto encontra-se em consulta pública até 12 de maio.

Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 13 de Abril de 2021 às 17:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A promotora Quinta do Mar - Empreendimentos Turísticos apresentou um projeto para reconverter a antiga colónia de férias da CUF em Colares, no concelho de Sintra, num hotel de cinco estrelas. 

De acordo com o documento que se encontra em consulta pública até 12 de maio, o investimento previsto é de 14 milhões de euros "a ser realizado a partir de 2021".

A descrição do projeto no relatório do estudo de impacte ambiental (EIA) refere que a promotora pretende "respeitar e potenciar o conjunto de edifícios pertencentes à antiga Colónia de Férias da CUF, cuja coerência formal e linguagem arquitetónica serão preservadas. Os edifícios serão adaptados por forma a receber as unidades de alojamento e restante programa hoteleiro, sem que sejam alteradas as volumetrias originais".

A nova unidade turística contará com 89 quartos, todos nos edifícios já existentes.

Ainda assim, o hotel terá um novo edifício construido de raiz onde será implementado um spa com piscina coberta de 25 metros, sauna e ginásio.

A área de implantação do projeto é de 6.069,27 metros quadrados, sendo a área de construção de 7.632,67 metros quadrados.

Colónia de férias construída em 1950

A CUF - Colónia de Férias foi construida em 1950 e destinava-se a receber como colónia de férias os filhos dos operários e funcionários da Companhia União Fabril de Alfredo da Silva.

O projeto foi assinado pelo arquiteto António Lino que, refere a descrição do projeto, "aplicou o convencionalismo urbano da sua formação académica em pleno ecossistema natural, assim estilizando a "Casa Portuguesa" ruralizante e articulando o compositivismo monunentalista com a prática de desenho classicista".

Após o 25 de abril de 1974, a propriedade deixou de funcionar como colónia de férias e passou a acolher "eventos lúdico-culturais periódicos", tendo sido redenominada "Quinta do Mar".
Ver comentários
Saber mais CUF Colares Sintra Quinta do Mar Colónia de Férias da CUF turismo hotel investimento
Outras Notícias